Identificados os homens encontrados mortos em apartamento em Caxias - Polícia - Pioneiro

Violência05/01/2018 | 08h37Atualizada em 05/01/2018 | 09h54

Identificados os homens encontrados mortos em apartamento em Caxias

A polícia trabalha com a hipótese de homicídio seguido de suicídio

Identificados os homens encontrados mortos em apartamento em Caxias Leonardo Lopes/Agência RBS
Foto: Leonardo Lopes / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os homens encontrados mortos em um apartamento no bairro De Lazzer, na região oeste de Caxias do Sul, na noite desta quinta-feira, foram identificados como sendo André Luiz Portanova Laborde, 36 anos, e João Storani, 30.

Segundo registro policial, moradores do edifício acionaram a Brigada Militar porque sentiram forte odor vindo do apartamento. Com a ajuda de um chaveiro, a porta de entrada foi aberta. Em um dos quartos do imóvel, os policiais encontraram um dos corpos sobre a cama com uma revólver calibre .32 na mão esquerda e o outro no chão. Ambos estavam em avançado estado decomposição, mas segundo o delegado da Polícia Civil que esteve no local, Adriano Linhares, os dois tinham marcas de tiros.

Ainda conforme a ocorrência, o revólver estava com quatro cartuchos intactos e um deflagrado. Também foram encontrados sobre um móvel no corredor de circulação do apartamento outros seis estojos deflagrados de calibre .32. O registro diz, ainda, que sobre a mesa, havia um bilhete assinado por Andre Luiz.

Imagens das câmeras de segurança do prédio mostram os homens entrando no local pela última vez no dia 19 de dezembro de 2017. Por isso, há suspeitas de que o crime teria acontecido ainda no ano passado. Porém, em redes sociais, alunos de Laborde — que era professor no Instituto Federal do Rio Grande do Sul — postaram que ele foi paraninfo de uma turma que se formou em 21 de dezembro.

A Polícia Civil trata o caso como homicídio seguido de suicídio. A investigação sobre as circunstâncias do fato será feita pela Delegacia de Homicídios e Desaparecidos. 

Leia também:
Polícia Civil vai investigar suposto caso de negligência na UPA Zona Norte, em Caxias
Quatro detentos do regime semiaberto de Canela são presos portando drogas que venderiam em presídio


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros