Ação conjunta apreende explosivos em ponto de tráfico de Gramado - Polícia - Pioneiro

Prevenção09/01/2018 | 10h44

Ação conjunta apreende explosivos em ponto de tráfico de Gramado

Polícia Civil tentará esclarecer a intenção dos criminosos

Ação conjunta apreende explosivos em ponto de tráfico de Gramado Polícia Civil de Gramado / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil de Gramado / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Uma ação conjunta contra o tráfico de drogas chamou atenção em Gramado na noite de segunda-feira. A Brigada Militar (BM) e a Polícia Civil encontraram artefatos explosivos em um ponto de tráfico do bairro Piratini. O caso será investigado para esclarecer a procedência do material e a intenção dos criminosos.

Leia mais:
Brigada Militar prende gêmeos por tráfico de drogas em Canela
BM exalta a redução de crimes em Caxias do Sul
Ataques a unidades bancárias têm redução de 43% na Serra em 2017

O flagrante ocorreu pouco antes das 21h40min, após uma ligação anônima ao 190 relatar que um traficante pretendia fazer uma entrega. O ponto de tráfico relatado já era conhecido das forças policiais pelo seu histórico de venda de entorpecentes e prisões realizadas no local.

Na noite desta segunda-feira, policiais civis e agentes de inteligência do 1º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (1° BPAT) cercaram a moradia e prenderam Natanael Martins Rodrigues, 21 anos, quando este deixava a casa. Na ação, foram apreendidas uma bucha grande de cocaína e outras 31 petecas embaladas para a venda, que somavam 70 gramas do entorpecente, e dois tijolos de maconha, com 150 gramas.

No endereço, também foram apreendidos dois artefatos explosivos (duas emulsões, dois cordéis de detonação e uma espoleta). Apesar de não saber qual era a intenção criminosa com o material, a capitã Claudia Maldaner, comandante do 1º BPAT, acredita que ação policial evitou "algo mais grave" e ressaltou que esta foi a sétima ação de combate ao tráfico de drogas em Gramado e Canela em 2018 — média de quase uma prisão por dia.

Leia também:
Órgãos trabalhistas e polícia devem investigar empresa de Caxias denunciada por trabalhadores haitianos
Indústrias de Caxias do Sul voltam a produzir e estimam crescer 15% em 2018

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros