Justiça decreta prisão preventiva de rapaz que matou o pai em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Versão mobile

 

Homicídio27/12/2017 | 15h14Atualizada em 27/12/2017 | 15h14

Justiça decreta prisão preventiva de rapaz que matou o pai em Caxias do Sul

Polícia Civil e Brigada Militar estão mobilizadas em busca do procurado

Justiça decreta prisão preventiva de rapaz que matou o pai em Caxias do Sul Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação

A Polícia Civil de Caxias do Sul procura por Kelvin Canofre Maciel, 24 anos. Ele é acusado de matar o pai no bairro Bom Pastor no dia 10 de dezembro e teve a prisão preventiva pela Justiça. A última informação é que o rapaz estava refugiado no mesmo bairro do crime.

Leia mais:
Homem mata o pai após briga no bairro Bom Pastor, em Caxias do Sul
Furto de cabos telefônicos e elétricos causa prejuízos em Caxias do Sul
Brigada Militar de cinco cidades da Serra receberão viaturas

De acordo com o delegado Rodrigo Kegler Duarte, titular da Delegacia de Homicídios, Kelvin é usuário de drogas e estava transtornado no dia do crime. Ele teve o carro apreendido durante uma blitz e procurou o pai em busca de dinheiro para retirar o automóvel do guincho. Os dois discutiram e rapaz atirou quatro vezes contra o pai, Paulino Rodrigues Maciel, 48, que morreu na hora.

Na casa, na Rua Derni Bueno, Bom Pastor, estava a madrasta de Kelvin, que presenciou o crime. O rapaz atirou na direção dela também, mas a mulher não foi atingida. Após o crime, Kelvin fugiu e não foi mais encontrado.

O mandado de prisão preventiva contra Kelvin foi repassado, pela Delegacia de Homicídios, para a Brigada Militar (BM) e a Delegacia de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) com informações do paradeiro do procurado. O delegado Duarte afirma que Kelvin será indiciado por homicídio qualificado por recurso que dificultou defesa da vítima e a tentativa de homicídio contra a madrasta.

Informações sobre o paradeiro do procurado podem ser repassadas pelos telefones 3238-7728 ou 190. Não é preciso se identificar para denunciar.

Leia também:
Pelo quarto mês seguido, Caxias tem saldo positivo na geração de empregos
"Podem até boiar, mas foram feitos para afundar", diz vereador sobre o pedido de impeachment do prefeito de Caxias e o vice

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros