Homem é indiciado por atear fogo à companheira grávida em Vacaria - Polícia - Pioneiro

Polícia05/12/2017 | 17h00Atualizada em 05/12/2017 | 17h00

Homem é indiciado por atear fogo à companheira grávida em Vacaria

Mulher deu à luz a um menino

Fabrício da Fonseca Gonçalves, 31 anos,  foi indiciado por tentar matar a companheira grávida em Vacaria. Na madrugada do dia 8, a mulher, de 36 anos, teve 50% do corpo queimado. Ela estava grávida de oito meses. Ainda no dia do crime, ela passou por uma cesariana e deu à luz a um menino. A criança passa bem. Devido às queimaduras, a mulher foi transferida para um hospital de Porto Alegre.

Gonçalves está preso preventivamente no Presídio Estadual de Vacaria. De acordo com o delegado Vítor Boff, o homem foi indiciado por tentativa de feminicídio, quando o crime é cometido por questões relacionadas à violência doméstica ou por discriminação à condição de ser mulher.

O inquérito foi encaminhado à Justiça nesta terça-feira.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros