Suspeitos assumem autoria de ataque a ônibus em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Violência25/11/2017 | 02h54Atualizada em 25/11/2017 | 10h46

Suspeitos assumem autoria de ataque a ônibus em Caxias do Sul

Dois homens, um de 20 e outro de 24 anos, confessaram crime à Brigada Militar

Suspeitos assumem autoria de ataque a ônibus em Caxias do Sul Brigada Militar/divulgação
Foto: Brigada Militar / divulgação

Menos de duas horas depois do ataque a um ônibus urbano em Caxias do Sul, dois suspeitos – de 20 e 24 anos – já haviam sido detidos pela Brigada Militar por envolvimento no crime. Aos policiais, eles assumiram a autoria da ação que deixou três pessoas feridas – o motorista e duas passageiras.

Cerca de 15 policiais militares participaram das buscas aos suspeitos nas redondezas da Avenida Brasil, onde o coletivo foi incendiado, por volta das 22h desta sexta-feira.

Depois do ato, os criminosos fugiram por entre as casas. Com a ajuda de moradores que indicavam o percurso feito pelos bandidos, os policias conseguiram localizar um deles escondido sobre a laje da casa onde mora, no bairro Jardelino Ramos. Outro, foi achado embaixo de uma residência, perto dali. Nenhum objeto que pudesse ter sido usado no ataque nem os celulares roubados foram encontrados com eles. Outros dois suspeitos estão sendo procurados.

dois suspeitos foram presos por suposto envolvimento no ataque a ônibus da Visate, na noite desta sexta-feira, no bairro Jardim América, em Caxias do Sul. Na foto, ônibus incendiado.
Foto: Paulo Trevisan / divulgação

A dupla foi levada até a Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento. Eles não admitiram relação entre o ataque ao coletivo e a morte de quatro homens em confronto com a Brigada Militar no bairro 1º de Maio, na última quarta-feira. Nos bastidores, o incêndio desta sexta teria sido uma resposta à ação da BM.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros