Roubos ao comércio caem pela metade em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Mais policiamento04/11/2017 | 09h05Atualizada em 04/11/2017 | 14h18

Roubos ao comércio caem pela metade em Caxias do Sul

Caxias do Sul é o município gaúcho que apresenta maior redução nos assaltos

Roubos ao comércio caem pela metade em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Novos PMs atuando na área central é um dos motivos para a redução nos assaltos Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Entre os 20 municípios gaúchos que mais registraram assaltos em 2017, Caxias do Sul apresenta a maior redução de crimes em relação ao ano passado. A constatação é baseada nos dados divulgados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), que contabilizam os crimes até setembro. De acordo com a Brigada Militar (BM), o resultado é impulsionado pelo combate aos roubos ao comércio — que teve queda de 56%. São 332 crimes a menos do que o registrado no ano passado.

Leia mais
Número de prisões cresce em Caxias do Sul pela primeira vez em cinco anos
Aumentam os crimes contra o patrimônio em Farroupilha e Flores da Cunha

Outro tipo de assalto que teve uma queda significativa no município é o roubo a pedestre. Foram 454 ocorrências a menos, ou seja, uma redução de 22%. Sobre os resultados, o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), major Jorge Emerson Ribas, destaca o policiamento reforçado na área central, que tem maior fluxo de pessoas e, consequentemente, registra mais assaltos.

— Tivemos um pico de ocorrências no ano passado, por isto a redução fica ainda mais expressiva. As pessoas talvez não percebam a redução dos índices, mas sentem a presença maior dos policiais. Temos recebidos vários comentários elogiando esta ostensividade — ressalta.

A referência é aos 40 novos soldados que chegaram na cidade em agosto e foram destinando para atuar na área central. A nova turma atua prioritariamente a pé na área central, algo que há anos não era visto em Caxias do Sul.

— A orientação do comando é seguir duas estratégias básicas: integração e visibilidade. Acredito que há um somatório de iniciativas e estratégias que tem dado certo — argumenta Ribas.

O trabalho conjunto ocorre com a 1ª Delegacia de Polícia (1ª DP), responsável por esclarecer os crimes que ocorrem na área central. O delegado regional Paulo Roberto Rosa da Silva afirma que, devido à reincidência comum neste tipo de crime, os investigadores mantém um banco de dados com imagens de assaltos e fotos de suspeitos.

— As investigações têm sido intensificadas e tivemos diversos reconhecimentos. Quando conseguimos identificar a sequencia (de crimes), a representação por sua prisão (ao Judiciário) ganha força. Fica melhor demonstrada a necessidade de manter este delinquente recolhido — aponta.

MEDIDAS PARA REDUÇÃO DOS ROUBOS
:: Manutenção dos PMs em Caxias do Sul: Diante dos elevados índices registrados em 2016, o Comando-Geral da BM anunciou, no início do ano, que os PMs de Caxias não seriam mais emprestados. No ano passado, por exemplo, parte do efetivo da Companhia de Operações Especiais (COE) reforçou a Operação Avante em Porto Alegre.

MAC_TEXTO_MC

z Manutenção dos PMs em Caxias do Sul. Diante dos elevados índices registrados em 2016, o Comando-Geral da BM anunciou, no início do ano, que os PMs de Caxias não seriam mais emprestados. No ano passado, por exemplo, parte do efetivo da Companhia de Operações Especiais (COE) reforçou a Operação Avante em Porto Alegre.

:: Planejamento com base nas ocorrências: Os oficiais da BM estão cada vez mais alinhados com o programa Avante, que utiliza dados criminais e visa a gestão de resultados. O acompanhamento dos indicadores permite um melhor direcionamento dos recursos disponíveis. Ao longo do ano, o 12º BPM definia objetivos por urgência e buscava uma resposta. Este foco pode ser visto contra o roubo de veículos e, mais recentemente, contra os assaltos ao transporte coletivo.

:: Câmeras de maior qualidade: Ladrões do comércio costumam cometer vários roubos em sequência, afinal os valores levados geralmente são baixos. Desta forma, quando a Polícia Civil consegue esclarecer um crime, outros diversos também são resolvidos. Por isso a importância que os lojistas registrem as ocorrências e cedam as imagens do crime captadas pelas câmeras de segurança, que existem na maioria do comércio.

:: Controle nas cadeias: As autoridades policiais destacam as revistas gerais que ocorreram no Presídio Regional de Caxias do Sul, durante a investigação sobre uma facção que atua na cidade, e na Penitenciária Estadual no distrito do Apanhador, o que não ocorria desde 2011. Ainda que não tenha resolvido os problemas do sistema penitenciário, que segue superlotado e com a entrada de ilícitos, as operações eram uma necessidade e diminuíram o número de celulares disponíveis aos detentos.

:: Chegada dos novos soldados: Em agosto, Caxias do Sul recebeu 40 policiais militares recém formados. Foi o primeiro reforço recebido pelo 12º BPM desde 2012. A nova turma foi empregada justamente na atuação preventiva na região central, onde há mais comércio e maior fluxo de pessoas. A presença policial teve efeito imediato na sensação de segurança e foi exaltada pela comunidade.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros