Polícia identifica suspeito de autoria de latrocínio de idosos em Gramado - Polícia - Pioneiro

Investigação29/11/2017 | 17h08Atualizada em 29/11/2017 | 17h08

Polícia identifica suspeito de autoria de latrocínio de idosos em Gramado

Suspeito, que teria agido sozinho, realizou serviços de pintura e limpeza do telhado da casa de casal morto a facadas na última sexta-feira

Pioneiro
Pioneiro

A partir de imagens de videomonitoramento e vestígios deixados pelo próprio autor, a Polícia Civil de Gramado identificou Renato Lourenço como o principal suspeito do latrocínio ao casal de idosos na última sexta-feira, no bairro Várzea Grande, em Gramado. Conhecido como Veja, o homem de 29 anos foi reconhecido por imagens de câmeras instaladas nas imediações quando saía da residência logo após assassinar a facadas Julita Wolff, 75 anos, e Mario Wolff, 79. 

Leia mais:
Brigada Militar de Caxias do Sul lança campanha para combater trotes
Homem é preso com espingardas, após investigação de tentativa de homicídio em Caxias

Além disso, ele teria trocado de roupa no local e deixado as próprias vestimentas na casa, que foram encontradas pela polícia. Apesar de já ter a prisão preventiva decretada, Lourenço se encontra na condição de foragido.

— O suspeito havia realizado a limpeza do telhado e trabalhado na pintura da residência cerca de 15 dias antes do crime. Tudo indica ser latrocínio, mas só iremos confirmar mais detalhes com ele mesmo (Lourenço), uma vez que foi o único autor — comenta o delegado de Gramado, Gustavo Barcellos.

Segundo ele, também será necessário apurar as circunstâncias e os motivos da ação violenta, pois não haviam sinais de arrombamento na casa.

Renato Lourenço possui antecedentes por furto, receptação, tráfico e posse de drogas, ameaça e violência doméstica.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros