Grávida de oito meses tem corpo queimado em Vacaria - Polícia - Pioneiro

Investigação08/11/2017 | 07h49Atualizada em 08/11/2017 | 08h19

Grávida de oito meses tem corpo queimado em Vacaria

Polícia Civil ainda investiga circunstâncias da ocorrência

Pioneiro e Gaúcha Serra

Uma mulher de 36 anos e grávida de oito meses sofreu queimaduras de terceiro grau em 30% do corpo na madrugada desta quarta-feira em Vacaria. Conforme informações da polícia, o companheiro dela se deslocou até a sede da Guarda Municipal, por volta das 5h, para pedir ajuda. O local fica a poucas quadras da moradia do casal.  

Leia mais:
Vestidos de policiais civis, criminosos matam dois e incendeiam casa em Caxias do Sul
Guarda Municipal reage e mata criminoso em Caxias do Sul

Em princípio, o homem teria dito aos guardas que a mulher fumava num espaço onde havia álcool e que, então, se queimou. Ela foi encaminhada ao Hospital Nossa Senhora da Oliveira, onde permanece em observação. O estado de saúde da mulher e da criança ainda são avaliados e, portanto, não há informações sobre a gravidade do caso.

De acordo com o delegado plantonista, Anderson Silveira de Lima, a mulher foi ouvida no hospital. Conforme o delegado, ela relatou que, após uma discussão com o companheiro, ela pegou uma garrafa com álcool e jogou parte do líquido nas cobertas da cama. Em seguida, o companheiro jogou o restante no rosto dela. Como a discussão prosseguiu, ela pegou um isqueiro para atear fogo à cama e acabou se queimando, já que estava molhada com o líquido. 

Conforme o delegado, o homem  será preso em flagrante pelo fato de ele ter jogado álcool nela e também porque a alegação que ela iniciou o fogo ainda não está esclarecida. Ele está na delegacia, onde presta depoimento na manhã desta quarta. A Polícia Civil ainda busca informações que possam indicar as circunstâncias da ocorrência.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros