Dupla é presa com três espingardas no interior de Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Polícia Civil25/10/2017 | 16h45Atualizada em 25/10/2017 | 16h59

Dupla é presa com três espingardas no interior de Caxias do Sul

Busca faz parte da investigação de um ataque a uma residência em São João da Mulada

Dupla é presa com três espingardas no interior de Caxias do Sul Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Dois homens foram presos com três espingardas no interior de Caxias do Sul na manhã desta quarta-feira. A ação é resultado da investigação da Polícia Civil sobre uma ocorrência de disparo de arma de fogo. O cumprimento do mandado de busca em São João da Mulada, no distrito de Criúva teve apoio do policiamento comunitário da Brigada Militar (BM). Os autuados, de 21 e 22 anos, não tiveram as identidades divulgadas.

Leia mais
Dono de bar é morto a tiros na Zona Norte de Caxias do Sul
BM encontra esconderijo de armas de facção que atacou pontos de tráfico em Caxias do Sul
Polícia identifica estabelecimento de fachada para clonagem de veículos

De acordo com a investigação da 3ª Delegacia de Polícia (3ª DP), os investigados tiveram um desacerto comercial com um morador vizinho, de 58 anos, sobre a compra de um automóvel. Os disparos foram realizados contra a residência da vítima, em 10 de setembro, como forma de ameaça. Os tiros atingiram o telhado da casa e ninguém foi ferido.

Além das três espingardas, uma delas com a numeração raspada, os policiais encontraram uma touca ninja, rádio comunicador e diversas munições na casa dos investigados.

— Há muitas informações de que os dois estão envolvidos em furtos e até roubos no interior. Esta touca ninja encontrada aumenta o indicativo de que eles estavam nesta prática criminosa — aponta o delegado Guilherme Gerhardt, titular da 3ª DP.

A investigação prosseguirá sobre o possível envolvimento dos dois detidos com roubos e furtos. Por enquanto, a dupla só foi autuada em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Um deles pagou a fiança e poderá responder em liberdade.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros