Dois homens são presos após confronto entre grupos rivais em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Tiroteio no Santa Fé23/10/2017 | 09h15Atualizada em 23/10/2017 | 09h39

Dois homens são presos após confronto entre grupos rivais em Caxias do Sul

Durantes as buscas, um dos criminosos atirou contra a BM e foi baleado

Dois homens são presos após confronto entre grupos rivais em Caxias do Sul BM / Divulgação/Divulgação
Astra foi apreendido pela BM após suposto confronto entre facções Foto: BM / Divulgação / Divulgação

A disputa entre facções pelos pontos de tráfico de Caxias do Sul parece ter tido mais um capítulo na noite de domingo. Um intenso tiroteio foi ouvido no bairro Santa Fé e um carro foi incendiado na Rua João Rodrigues da Silva.  Na sequência, a Brigada Militar (BM) realizou buscas e prendeu dois homens com armas e drogas. Eles estavam próximo a um Astra cinza que tinha diversas marcas de tiros na parte traseira.

Leia mais
Mulher é morta com pelo menos seis tiros em Caxias do Sul
Irmãos teriam sido mortos em ação de nova facção, em Caxias
Após 40 dias, chacina em Caxias do Sul segue sem respostas

O confronto ocorreu por volta das 22h, quando criminosos se aproximaram de uma residência da Rua Hildo do Francisco Ferreira e realizaram diversos disparos. Populares relataram que houve resposta e mais de um atirador foi visto carregando armas longas na via pública. A casa atacada, de acordo com a BM, seria um conhecido ponto de drogas.

Policiais militares realizaram buscas e encontraram um Prisma incendiado na Rua Oscar Bertoldo. Testemunhas afirmaram que este veículo teria participado do tiroteio. 

Após, a guarnição foi até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte onde um rapaz baleado havia dado entrada. O homem, que não teve a identidade divulgada, foi atingido por um tiro de raspão na cabeça. Ele relatou ser morador do bairro Santa Fé e que estava caminhando na rua, quando foi atingido, mas não sabia dizer de onde partiu o disparo.

Dois presos com armas e drogas

Fernando Noronha Farias e Adriano Borges da Silva foram presos em flagranteFoto: BM / Divulgação

Ao mesmo tempo, outra guarnição da Brigada Militar realizava buscas e encontrou um segundo automóvel que teria participado do confronto. O Astra cinza tinha diversas marcas de tiros na parte traseira. Próximo dele estavam dois homens, que correram ao avistar a viatura policial.

De acordo com a ocorrência, houve perseguição e Adriano Borges da Silva, 21 anos, efetuou dois tiros contra os policiais militares. Os brigadianos reagiram e o criminoso foi atingido nas pernas e região lombar. Com Silva, foi apreendido um revólver calibre .38 com a numeração raspada e uma bolsa com munições dos calibres .38, .12, .45 e 7,65, além de dois tijolos de maconha, cinco pedras de crack e uma balança de precisão. Silva foi encaminhado para o Hospital Pompéia.

O segundo homem também foi preso em flagrante. Fernando Noronha Farias, 25 anos, chegou a apontar uma espingarda calibre .12 contra os PMs, mas não atirou. A dupla foi autuada por tentativa de homicídio contra os PMs e porte ilegal de arma de fogo. Na manhã desta segunda-feira, Silva seguia internado no Pronto Socorro do Hospital Pompéia sob custódia policial.


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros