MP denuncia dupla que executou jovem por dívida de drogas, em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Homicídio22/09/2017 | 12h07Atualizada em 22/09/2017 | 12h07

MP denuncia dupla que executou jovem por dívida de drogas, em Caxias do Sul

Bruno Pires Bolsonelo, 24 anos, foi morto no dia 18 de julho

Pioneiro
Pioneiro

O Ministério Público (MP) de Caxias do Sul afirma que a morte de Bruno Pires Bolsonelo, 24 anos, foi motivada por dívidas provenientes do tráfico de drogas. Nesta quinta-feira, foi envaida a denúncia contra Jeferson Flores de Oliveira, conhecido como Kaiko, e Rodrigo Martins Anunciação pelo homicídio ocorrido no dia 18 de julho, na Estrada Victorio Toigo, bairro Santa Fé, por volta das 8h. 

De acordo com o MP, Oliveira e Anunciação, junto com outros comparsas ainda não identificados, foram até a residência da vítima e o retiraram à força. Bolsonelo foi levado até o bairro Santa Fé e executado com diversos tiros. Na denúncia, o crime foi qualificado por motivo torpe, meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

Leia mais
Jovem é encontrado morto próximo à barragem da Maestra, em Caxias do Sul
Homem é morto a tiros no bairro Vila Leon, em Caxias do Sul
Homem encontrado morto em Caxias do Sul tinha passagens por tráfico e tentativa de homicídio
BM de Caxias do Sul apreende arsenal com grupo suspeito de roubos a banco

A investigação da Polícia Civil não tem dúvidas que Bolsonelo foi assassinado a mando de uma facção criminosa, porém não foi possível comprovar qual organização criminosa está envolvida. Anunciação também é o principal investigado no homicídio de Claudiomiro Paim dos Reis, 44 anos, morto em junto. Naquele crime, a motivação também seria o tráfico de drogas. O inquérito policial segue em andamento.

Oliveira está recolhido na Penitenciária Estadual de Caxias do Sul, e Anunciação na Penitenciária Modular de Osório.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros