Polícia gaúcha apreende carga de LSD avaliada em meio milhão de reais - Polícia - Pioneiro

Drogas18/07/2017 | 13h28Atualizada em 18/07/2017 | 13h30

Polícia gaúcha apreende carga de LSD avaliada em meio milhão de reais

Denarc diz que é a maior apreensão desse tipo de droga na história da polícia do RS

Polícia gaúcha apreende carga de LSD avaliada em meio milhão de reais Vitor Rosa/Rádio Gaúcha
Droga tinha desenho animado estampado Foto: Vitor Rosa / Rádio Gaúcha

Uma operação do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) apreendeu 4.770 pontos de LSD na rodoviária de Caxias do Sul, na madrugada desta terça-feira. A droga, avaliada em cerca de R$ 500 mil, estava na bolsa de uma jovem, que foi presa em flagrante no momento em que desembarcou de um ônibus de linha. As informações são da Gaúcha Serra.

Os agentes da Polícia Civil afirmam que a carga era de uma quadrilha de traficantes que traz a droga por avião de um país da Europa, provavelmente a Holanda, até São Paulo e Rio de Janeiro.  Depois, em um outra aeronave o LSD vem até Porto Alegre, e depois é repassado para as chamadas "mulas" - pessoas que são pagas exclusivamente para o transporte discreto. O objetivo final é abastecer festas rave na Capital e na Serra.

O Denarc monitorava a quadrilha há mais de um ano, e pretendia manter o sigilo até que os líderes fossem presos. No entanto, a comprovação de que vinha para o Estado uma grande quantidade de droga antecipou a ação dos policias. Tanto é que os delegados são unânimes em dizer que esta é a maior apreensão da história da Polícia Civil gaúcha.

— É uma investigação bastante diferenciada, já que a gente trabalha mais com traficantes de maconha. Nosso objetivo era saber exatamente para onde essa droga estava indo, definir esse roteiro. É uma raridade uma apreensão desse tipo — comenta Guilherme Calperipe, titular da Delegacia de Operações Especiais do Departamento.

Visualmente, a carga apreendida parece ser uma pequena quantidade da droga. No entanto, de acordo com a polícia, cada ponto dos 4.770 poderia ser novamente repartido para quatro usuários, multiplicando para quase 20 mil micropontos. 

Golpe de meio milhão no tráfico

O valor de cada ponto para os traficantes é de R$ 20. Esses pontos são vendidos ao usuário por R$ 100 em festas de classe média, fazendo com que os bandidos obtenham R$ 80 de lucro por venda. O prejuízo total aos traficantes com a apreensão é de quase R$ 500 mil. 

O Denarc está, agora, atrás de quem coordena o esquema de transporte das drogas. Eles dizem que a jovem presa hoje é só a ponta de uma complexa organização. 

— Essa mulher é uma comerciante de Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana. É a transportadora, a mula, na gíria deles. Precisamos achar quem coordena isso tudo — afirma Souza. 

Mulher presa é de Sapucaia do Sul e somente transportava droga Foto: Vitor Rosa / Rádio Gaúcha

A droga tinha quatro tipos de figuras diferentes - duas delas de um desenho animado americano e outras duas com imagens do sol. De acordo com a polícia, o objetivo dos traficantes é aproximar a droga cada vez mais do público jovem.

— Para quem usa, é muito mais agradável ver uma imagem como essa do que alguém alucinado — destaca o delegado, se referindo ao alto poder alucinógeno do LSD. 

A Polícia Civil também emitiu um alerta sobre a forma da droga. Em cartelas pequenas e com desenhos, ela pode passar despercebida pelos pais - diferentemente da maconha e da cocaína, que as pessoas já sabem a forma. 

— Para um pai, uma mãe, é difícil identificar. Os pais tem que ter essa noção que essa figurinha significa uma droga de extrema força em poder de seus filhos — alerta o diretor de investigações. 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros