Polícia flagra 53 pessoas em rinha de galo em Pinto Bandeira - Polícia - Pioneiro

Crime ambiental17/06/2017 | 13h11Atualizada em 17/06/2017 | 13h11

Polícia flagra 53 pessoas em rinha de galo em Pinto Bandeira

A maioria dos animais estava com as garras serradas e substituídas por garras de plástico

Polícia flagra 53 pessoas em rinha de galo em Pinto Bandeira Polícia Ambiental / Divulgação/Divulgação
Ao todo foram apreendidas 54 aves que permaneceram na propriedade por não haver local para destinação. Foto: Polícia Ambiental / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Agentes da Polícia Ambiental de Caxias do Sul flagraram 53 pessoas praticando rinha de galo na noite desta sexta-feira em Pinto Bandeira. O grupo estava em uma propriedade na localidade de Linha Silva Pinto Sul. A abordagem ocorreu às 23h50min. As informações são da Rádio Gaúcha Serra.

Conforme a Polícia Ambiental, a cinco meses os policiais militares recebiam denúncias, mas sempre que chegavam ao local não conseguiam flagrar a rinha. A maioria dos animais estava com as garras serradas e substituídas por garras de plástico. Também foram colocados bicos de aço por cima dos bicos dos galos. Assim, os ferimentos provocados durante a rinha são mais graves. 

Como a rinha de galo é crime ambiental, os policiais emitiram um Termo Circunstanciado contra os participantes. Ao todo foram apreendidas 54 aves que permaneceram na propriedade por não haver local para destinação. O dono da área foi designado como fiel depositário dos animais. Desses, nove animais que estavam mais feridos foram levados para a sede da Polícia Ambiental de Caxias para receberem tratamento. Um estava morto no local.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros