Dois são baleados e uma gestante é atropelada por ladrões em menos de 14 horas em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Violência30/06/2017 | 11h38Atualizada em 30/06/2017 | 11h38

Dois são baleados e uma gestante é atropelada por ladrões em menos de 14 horas em Caxias do Sul

Casos ocorreram em bairros diferentes

Dois são baleados e uma gestante é atropelada por ladrões em menos de 14 horas em Caxias do Sul Divulgação/
Na manhã desta sexta-feira, trabalhador levou um tiro no braço durante uma tentativa de roubo de veículo Foto: Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Assaltantes balearam dois homens e atropelaram uma gestante em diferentes bairros de Caxias do Sul em menos de 14 horas. Além da violência, o que chama a atenção é a proximidade dos pontos onde ocorreram pelo menos dois casos. Os crimes não teriam sido cometidos pelos mesmos bandidos.

O primeiro assalto foi registrado por volta das 17h45min de quinta-feira. Um comerciante chegava em casa, na Rua Conselheiro Dantas, em Lourdes, quando foi abordado por dois ladrões. Os criminosos estavam escondidos atrás de contêineres de lixo e esperaram a vítima entrar com o veículo num dos portões de acesso a um prédio. Nesse momento, os ladrões invadiram o pátio e anunciaram o roubo. A intenção deles era pegar um malote, que a vítima insistia não ter. Na confusão, o homem foi baleado no braço e os criminosos fugiram levando um celular dele. O comerciante foi socorrido por vizinhos e permanece no Hospital da Unimed em estado regular. 

Leia mais
Polícia Civil conclui que comerciante foi morta em discussão sobre troco de cerveja em Caxias do Sul
Sindicalistas protestam contra as reformas do governo Temer no centro de Caxias

Por volta das 7h30min desta sexta-feira, dois assaltantes tentaram roubar um veículo na Avenida Independência, nos fundos da igreja católica do bairro Cristo Redentor, a cerca de três quilômetros do ponto onde o comerciante foi baleado na quinta-feira. O funcionário de uma empresa havia desembarcado do veículo e se preparava para entrar no trabalho, quando foi abordado por dois bandidos que exigiram a chave do veículo. 

O trabalhador teria resistido à abordagem e foi baleado no braço. Segundo testemunhas, os ladrões desistiram do assalto e tentaram abrir outro carro que estava estacionado nas proximidades. Como não conseguiram, continuaram a fuga a pé e não foram mais localizados. O ferido permanece em atendimento no Hospital da Unimed, mas o estado de saúde dele não foi divulgado. 

Detalhe: na quarta-feira da semana passada, dia 21 de junho, um idoso já havia sido baleado numa tentativa de roubo de veículo quando ingressava na garagem de casa, na Rua Dom José Barea, em Lourdes, a cerca de um quilômetro do endereço onde ocorreu o assalto desta sexta-feira.

Não bastassem esses dois exemplos de violência, uma gestante foi atropelada por bandidos que estavam numa caminhonete roubada, por volta das 21h30min de quinta-feira, no distrito de Vila Oliva. Segundo a polícia, os ladrões havia levado o veículo do bairro São Ciro. Na fuga, já em Vila Oliva, perderam o controle da caminhonete e bateram num Uno estacionado na frente de uma casa. Em seguida, atingiram a gestante. Os criminosos abandonaram a caminhonete e fugiram a pé. A mulher recebeu atendimento no Hospital Pompéia e já recebeu alta. 

Nenhum dos bandidos envolvidos nos casos foi identificado. 

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros