"Caxias do Sul vai ficar marcado para mim", diz policial rodoviário federal que reagiu a assalto - Polícia - Pioneiro

Violência26/06/2017 | 11h07Atualizada em 26/06/2017 | 11h10

"Caxias do Sul vai ficar marcado para mim", diz policial rodoviário federal que reagiu a assalto

Preso em flagrante, Fabiano Ramos Lopes segue internado no Hospital Pompéia

A passagem do policial rodoviário federal Laio Radeke da Silva Bello, 28 anos, por Caxias do Sul foi rápida, mas suficiente para conhecer a insegurança vivida na cidade. Natural do Mato Grosso do Sul, ele visitava colegas de profissão quando foi surpreendido por um ladrão no bairro Sagrada Família na madrugada de sábado. Bello reagiu e acertou dois tiros no criminoso.

Fabiano Ramos Lopes, 36, foi preso em flagrante e, na manhã desta segunda-feira, continuava internado no Hospital Pompéia em regime de UTI. Ele foi atingido no peito e na cabeça.

Leia mais
Assaltante é baleado após abordar policial rodoviário em Caxias do Sul
Motociclista passa atirando e mulher é baleada em frente de casa em Caxias
Homem morre baleado no bairro Beltrão de Queiróz em Caxias

O crime ocorreu por volta das 4h30min, na Rua Irmã Zago quando Bello voltava de uma festa. Ele desceu do carro e foi até o portão tocar no interfone do colega que lhe hospedava, enquanto outro policial rodoviário federal, de 33, mexia no porta-mala. Foi neste momento que o assaltante surgiu e rendeu o agente caxiense. O criminoso falava coisas desconexas e estava armado. O PRF procurou distrair o bandido e se afastar do colega de Mato Grosso do Sul, que estava no portão.

Quando Bello voltou para o carro e percebeu o assaltante, sacou sua pistola e gritou "Polícia!". De arma em punho, o bandido virou para o policial rodoviário. Bello atirou duas vezes e o ladrão caiu. Após acionar o Samu e a Brigada Militar (BM), os policiais rodoviários perceberam que arma do assaltante era um simulacro.

— É a primeira vez que sou assaltado. Caxias vai ficar marcado para mim, mas não é algo que me assuste. Lá no Mato Grosso do Sul trabalho em na região da fronteira e tem bastante violência também. Espero voltar para Caxias, sim — explica o PRF que atua em Nova Alvorada do Sul (MS). Após passar o sábado em Gramado, Bello retornou para sua cidade natal.

Assaltante deveria estar em tratamento contra drogas

Esta foi a segunda vez no ano que Fabiano Ramos Lopes foi preso por roubo Foto: Divulgação

Esta foi a segunda vez no ano que Fabiano Ramos Lopes, 36, é preso por roubo a pedestre. Em março, ele foi flagrado pela BM em um assalto no bairro Kayser e teve a prisão preventiva decretada. Lopes foi beneficiado com a liberdade provisória em 31 de maio e em menos de uma semana voltou a ser detido pela BM como suspeito de um assalto no Bela Vista. No entanto, não haviam elementos suficientes para uma prisão em flagrante e Lopes foi liberado na delegacia. Este caso segue em investigação pela Polícia Civil.

Na quinta-feira, após representação do Ministério Público (MP), Lopes teve a prisão preventiva decretada novamente devido ao descumprimento de medidas cautelares impostas. De acordo com a decisão, não foi comprovada a internação do acusado para tratamento da sua condição de dependente químico. A defesa alega que Lopes estava na fila de espera.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros