Assassinato de idoso no interior é o quinto roubo com morte registrado em Caxias do Sul neste ano - Polícia - Pioneiro

Latrocínio03/06/2017 | 10h43Atualizada em 03/06/2017 | 11h02

Assassinato de idoso no interior é o quinto roubo com morte registrado em Caxias do Sul neste ano

Suspeito é um vizinho que foi preso com o carro da vítima e a arma do crime

O assassinato de Nelson Rubens dos Passos Sobroza, 77 anos, foi o quinto latrocínio (roubo com morte) registrado em Caxias do Sul. Os primeiros indícios apontam que o suspeito sabia que o idoso estava sozinho e pretendia assaltar seu sítio no distrito de Vila Oliva. Contudo, a vítima resistiu e foi alvejada no peito. O ladrão fugiu com o carro da vítima, um Gol branco, com o qual acabou detido por volta 20h. A arma do crime, uma espingarda artesanal calibre .12, foi apreendida durante o flagrante.

Leia mais
Rapaz é morto a tiros no bairro Montes Claros, em Caxias do Sul
Polícia encontra veículo utilizado em ataque a banco na Serra

A prisão ocorreu na estrada municipal Geraldo Agostine. Denair Soares da Silva, 37 anos, exerceu seu direito de permanecer em silêncio. A primeira informação colhida pela Brigada Militar (BM) era que o suspeito era sobrinho da vítima. No entanto, familiares esclarecem que Silva era apenas um conhecido que morava por perto.

A Polícia Civil ainda precisa esclarecer o horário do crime. O idoso foi encontrado morto por volta das 18h após uma denúncia ao 190 da BM. O corpo estava escondido embaixo de folhas de zinco nas proximidades da casa em Vila Mangueirinha.

A testemunha que denunciou o crime afirmou que estava em via pública, no distrito Vila Oliva, quando o suspeito chegou em um Gol branco. Silva estava exaltado e afirmava ter cometido um grande erro. A testemunha reconheceu o carro como sendo de Sobroza e acionou o 190. O suspeito era conhecido por ser uma pessoa conturbada.

Além do Gol, Silva roubou um trombone e uma motosserra que foram recuperados pela ação policial. Junto com a espingarda artesanal, foi apreendido um cartucho deflagrado e dois intactos. Também foi apreendida uma bucha de cocaína.

Sobroza era morador do bairro Pio X e ia para a chácara para desfrutar dos finais de semana. O aposentado estava sozinho no momento do crime porque sua companheira viajou para o Paraná. Sobroza será cremado, contudo ainda não foi definido o horário da cerimônia de despedida.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros