Uma semana após interdição, Presídio Regional de Caxias está com 241% da capacidade  - Polícia - Pioneiro

Sistema carcerário01/05/2017 | 15h07Atualizada em 01/05/2017 | 15h07

Uma semana após interdição, Presídio Regional de Caxias está com 241% da capacidade 

Na manhã desta segunda-feira, 555 homens estavam presos 

Uma semana após interdição, Presídio Regional de Caxias está com 241% da capacidade  Sidinei José Brzuska/TJ-RS
Na manhã desta segunda-feira, 555 homem estavam recolhidos no Presídio Regional  Foto: Sidinei José Brzuska / TJ-RS

O número de homens recolhidos no Presídio Regional de Caxias do Sul, antiga Penitenciária Industrial (Pics), diminuiu após uma semana da interdição determinada pela Justiça. Mesmo assim, o número de presos ainda é mais do que o dobro da capacidade. Na manhã desta segunda-feira, 555 homens estavam recolhidos, ou 241% da capacidade. No dia 22, último dia em que o presídio podia receber detentos, eram 581 presos (253% da capacidade). As informações são da Gaúcha Serra.

Com a interdição, os presos do sexo masculino estão sendo levados para a Penitenciária Estadual de Caxias, na localidade do Apanhador. No dia 22, eram 508 homens em um espaço para 431. Já na manhã desta segunda, 528 estavam recolhidos.

Leia mais
Presídio de Caxias não pode receber novos detentos

Estrutura da penitenciária no Apanhador, em Caxias, favorece facções criminosas, apontam juízes
Juízes relatam domínio de presos no Apanhador e sugerem interdição de casas prisionais de Caxias do Sul
Nos últimos 10 anos, 385 jovens foram assassinados em Caxias

A juíza Milene Rodrigues Fróes Dal Bó, da Vara de Execuções Criminais de Caxias, interditou parcialmente o Presídio Regional limitando a lotação a 200% da capacidade, ou seja, 430 presos. A penitenciária do Apanhador não está interditada porque não atingiu a capacidade determinada pela juíza, que é de 150% da capacidade, ou 647 detentos.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros