Presença da Brigada Militar garante tranquilidade no Campos da Serra, em Caxias do Sul - Polícia - Pioneiro

Segurança15/05/2017 | 08h30Atualizada em 15/05/2017 | 08h30

Presença da Brigada Militar garante tranquilidade no Campos da Serra, em Caxias do Sul

Unidade móvel tem levado sensação de segurança a moradores

Presença da Brigada Militar garante tranquilidade no Campos da Serra, em Caxias do Sul Porthus Junior/Agencia RBS
Prevenção é justamente o foco da BM, que também está com viatura circulando no loteamento e nos bairros próximos Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Maristela Scheuer Deves
Maristela Scheuer Deves

maristela.deves@pioneiro.com

Poucos dias após a maior operação policial da história de Caxias do Sul, que envolveu 257 agentes da Brigada Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal na última quinta-feira, o loteamento Campos da Serra, na zona leste da cidade, vive momentos de tranquilidade graças à recém-conquistada presença de um posto móvel da BM.

Além da unidade, que permanece estacionada em frente a um dos conjuntos residenciais, uma viatura tem circulado pelo bairro e arredores, com o objetivo de inibir o tráfico de drogas e outros crimes.

— Aqui costumava ter bastante tráfico pesado, além de roubo de carros quase diariamente. Vários apartamentos também já foram arrombados, e muitos bandidos traziam carros roubados ou clonados para o pátio do condomínio. Agora está calmo, esperamos que dure — conta uma moradora, que pediu para não ser identificada na reportagem.

Leia também:
Maior operação da história de Caxias mobiliza 257 agentes na busca por armas, drogas e foragidos
Campos da Serra sofre com vandalismo, tráfico e falta de escola, em Caxias

O aposentado Juarez de Oliveira, 76 anos, não tem dúvidas:

— Eu me sinto seguro agora, com a Brigada aí.

Ele conta que já teve seu carro riscado e que era comum presenciar brigas. Com a proximidade dos policiais, esses casos diminuíram. Outra moradora, de 65 anos, faz coro:

— É muito importante essa presença da polícia, dou os parabéns à BM pelo que estão fazendo. As pessoas de bem que moram aqui estão se sentindo mais tranquilas.

O condomínio conta com um sistema de câmeras de vigilância, que em muitos casos permite identificar os autores dos crimes, porém ele não estava sendo eficiente para evitar as ocorrências. A presença dos policiais, por sua vez, tem evitado até mesmo aglomerações e bagunça em frente aos prédios. A expectativa dos moradores é que o posto móvel se torne permanente.

— Com os policiais por perto, a gente se sente seguro. Se eles já estivessem aqui ano passado, teriam evitado muita coisa — desabafa uma adolescente que foi vítima de estupro há alguns meses, enquanto esperava o ônibus para ir trabalhar.

A prevenção é justamente o foco da presença da BM. Os soldados Laudenor Ritta Neto e Cleber de Souza Bueno, que estavam de plantão na unidade na tarde deste domingo, contam que já receberam agradecimentos e que algumas pessoas param para conversar, porém a maioria mantém distância:

 — Muitos têm receio de falar conosco, por medo de represálias — diz Bueno.

Enquanto a reportagem conversava com os policiais, eles mostraram um outro lado positivo do posto móvel, chamando a atenção de motoristas que passavam em alta velocidade para que não corressem, pelo fato de ter muitas crianças brincando nas proximidades.

Só uma prisão

Na quinta-feira, durante a mega-operação no loteamento, apenas uma pessoa foi presa, por posse de munição. Entretanto, moradores relatam que antes da chegada dos policiais, traficantes teriam deixado os prédios, carregando drogas.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros