Furtado há nove meses, cachorro é encontrado pela Polícia Civil de Caxias - Polícia - Pioneiro

Final feliz03/05/2017 | 13h24Atualizada em 04/05/2017 | 08h56

Furtado há nove meses, cachorro é encontrado pela Polícia Civil de Caxias

Pug Edgar foi entregue para a família nesta semana. Animal foi achado após uma denúncia

Furtado há nove meses, cachorro é encontrado pela Polícia Civil de Caxias Polícia Civil/Divulgação
Pug Edgar tinha sido furtado ha´nove meses. Ele morava no bairro Fátima e foi encontrado em Ana Rech Foto: Polícia Civil / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Graças a uma denúncia, a Polícia Civil encontrou mais um cachorro que havia sido furtado em Caxias do Sul. Edgar, da raça pug, foi levado de casa por criminosos há nove meses, segundo a família. De acordo com a delegada do 2° Distrito Policial (2°DP), Thaís Norah Sartori Postiglione, a polícia foi informada do paradeiro do cão na sexta-feira. No início dessa semana, ele foi resgatado e entregue para a família. O encontro, como já era esperado, foi muito emocionante.

— A família nunca desistiu de procurá-lo. A cada vez que um animal era resgatado e a ação era divulgada, os donos se animavam e intensificavam a procura. É importante não perder a esperança e torcer para que pessoas do bem cruzem pelo caminho — diz a delegada.

Leia mais
Cães de estimação estão na mira dos bandidos em Caxias
Comissão de Uso da Maesa estuda parceria público-privada para ocupação do prédio
Prefeito demonstra descaso com Poder Legislativo ao excluí-lo de comissão da Maesa

A dona de Edgar, Franciele Ferreira de Abreu, conta que apesar do tempo em que o cachorro ficou longe da família, ele a reconheceu no primeiro minuto.

— Foi emocionante. Eu nunca desisti, nunca perdi a esperança que alguém fosse reconhecer ele e nos ajudasse. Por sorte e persistência também, foi exatamente isso que aconteceu — afirma Franciele, que também conta que Edgar está bem de saúde e que, aparentemente, estava sendo bem cuidado.

A delegada Thaís explica que, quando um animal é furtado, é imprescindível que a família registre ocorrência na polícia. Ela também afirma que denunciar uma atitude suspeita é importante para ajudar a esclarecer o caso:

— Só conseguimos encontrar o Edgar porque alguém avisou. Antes de ser roubado, ele morava no bairro Fátima. Nessa semana, foi encontrado em Ana Rech. Seria muito difícil encontrar sem auxílio.

As pessoas que estavam com Edgar no momento da apreensão disseram para a polícia que "tinham ganho o cachorro de um tio". Agora, uma investigação será aberta para desvendar a história, segundo Thaís.

No final do mês passado, a polícia também recuperou o pug Frank, que estava desaparecido há oito meses. O animal havia sido furtado por um casal de vizinhos da família, em agosto de 2016 no bairro Jardim Eldorado. Assim como o caso de Edgar, Frank foi resgatado depois de denúncias confirmadas pela Polícia Civil.

Leia mais:
Bichinhos afastados dos donos podem ter até 'depressão'

O furto de animais de estimação é um crime que vem ganhando visibilidade nos últimos meses. O número de furtos de mascotes pode ser pequeno diante do aumento significativo de outros tipos de crimes, como homicídios, mas serve de alerta, já que a ação tem dois motivos: venda ilegal ou a possibilidade de extorquir os donos.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros