Cidades da Serra registram queda no número de homicídios e latrocínios no primeiro trimestre - Polícia - Pioneiro

Balanço04/05/2017 | 17h52Atualizada em 04/05/2017 | 18h06

Cidades da Serra registram queda no número de homicídios e latrocínios no primeiro trimestre

Exceção é Caxias do Sul, que teve três casos a mais nos dados da Secretaria Estadual

Cidades da Serra registram queda no número de homicídios e latrocínios no primeiro trimestre Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Os roubos e furtos de veículos cresceram em Caxias do Sul no primeiro trimestre. De acordo com os números da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), a média é de oito veículos levados por ladrões por dia. Impulsionados pela violência de janeiro e fevereiro, os crimes contra a vida também aumentaram*.

Leia mais
Em média, oito veículos por dia são roubados ou furtados em Caxias
Primeiro quadrimestre de 2017 registra o maior número de roubos a ônibus em Caxias do Sul desde 1999
Após 31 dias sem assassinatos, Caxias do Sul registra trégua histórica na violência

Na Serra, o melhor resultado do primeiro trimestre é o de Bento Gonçalves: foram 131 ocorrências a menos nos principais índices criminais em comparação com o ano passado. Em 2016, a cidade registrou 10 homicídios e um latrocínio (roubo com morte). Neste ano, foram apenas cinco homicídios.

Os crimes contra a vida também apresentaram quedas consideráveis em Farroupilha — de nove para dois assassinatos — e Vacaria — de cinco para dois.

*Os números da SSP para latrocínios e homicídios são menores do que o registrado em ocorrências em Caxias do Sul. No primeiro trimestre, o Pioneiro identificou 26 homicídios, três a mais do que a estatística da SSP. Em 2016, o número oficial também é menor: na verdade, foram quatro casos a mais na cidade. No caso de latrocínios, em 2017 ocorreram quatro casos, ou dois a mais do que o divulgado pela secretaria.

NÚMEROS DA SERRA
Bento Gonçalves
Total de ocorrências:

2017: 651
2016: 782

Todos os principais índices criminais diminuíram. A principal mudança foi nos casos de homicídio, que caíram pela metade — de 10 para 5. Em média, o município registra seis assaltos por dia. 

Farroupilha
Total de ocorrências:

2017: 394
2016: 381

A cidade registrou aumento nos casos de roubos e furtos — foram 33 casos a mais no trimestre. No entanto, os crimes contra veículos diminuíram, de 80 casos em 2016 para 64 neste ano.

Flores da Cunha
Total de ocorrências:

2017: 117
2016: 112

Os números são muito semelhantes, apenas dois furtos e dois roubos a mais neste ano. Um latrocínio deste ano é o único crime contra vida registrado no período. Chama atenção os casos de estelionato: aumentaram de 10 em 2016 para 17 neste ano.

São Marcos
Total de ocorrências:

2017: 75
2016: 80

Foram registrados 76 furtos e roubos no primeiro trimestre de 2017. São três crimes contra o patrimônio a menos na comparação com o ano passado. Os crimes contra a vida se mantêm — um caso em cada ano.

Vacaria
Total de ocorrências:

2017: 401
2016: 400

Os homicídios diminuíram — de cinco para uma ocorrência —, mas a cidade registrou um latrocínio neste ano, o que não havia ocorrido no mesmo período de 2016. Furtos e roubos aumentaram de maneira geral (foram 19 a mais), mas diminuíram os crimes contra automóveis. 

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros