Polícia Civil prende segundo suspeito da morte de servidora pública em Caxias - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Investigação22/02/2017 | 18h16Atualizada em 22/02/2017 | 18h39

Polícia Civil prende segundo suspeito da morte de servidora pública em Caxias

Criminoso foi localizado no Loteamento Altos de Galópolis

Polícia Civil prende segundo suspeito da morte de servidora pública em Caxias Juliana Bevilaqua/Agência RBS
Crime aconteceu na Rua Bortolo Zani, na noite de domingo Foto: Juliana Bevilaqua / Agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Polícia Civil de Caxias do Sul prendeu no final da tarde desta quarta-feira o segundo suspeito de participar do assassinato da servidora pública Eliane Stedile Busellato, 48 anos. O homem, que ainda não teve o nome confirmado, foi localizado numa casa no Loteamento Altos de Galópolis. Ele era foragido do sistema prisional. 

Leia mais:
"Eles estavam 'possuídos'", diz refém de assaltantes que mataram servidora pública em Caxias do Sul
Suspeito de latrocínio de servidora pública, em Caxias, tem prisão temporária decretada
Metade das vítimas de latrocínio em Caxias foram mortas durante roubos de veículos
Polícia prende suspeito de matar servidora pública em Caxias
Morre mulher baleada no bairro Bela Vista, em Caxias

De acordo com o delegado Mário Mombach, da Delegacia de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), o criminoso já estava com a prisão decretada pela Justiça. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento. 

— Chegamos até ele após uma investigação bem detalhada e com vários indícios que apontavam a participação dele neste crime — explica Mombach.

Na manhã de segunda-feira, a Brigada Militar prendeu o primeiro suspeito, um rapaz de 23 anos, após uma denúncia anônima. Ele teve a prisão decretada no mesmo dia, depois que a Polícia Civil realizou diversas diligências para embasar a representação de sua prisão. Como a prisão não ocorreu em flagrante e a investigação segue em andamento, o nome do suspeito não foi divulgado.

Na tarde desta quarta-feira também foram divulgadas imagens de câmeras de segurança que flagraram o momento em que os criminosos abordaram e atiraram contra a mulher, no início da noite de domingo, no bairro Bela Vista. O crime aconteceu na Rua Bortolo Zani, entre as ruas Vainer Ruzzarin e Hermínia Schiavo. A servidora não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Pompéia.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros