Denunciado por tiroteio no Clube Rodeio, em Caxias, é autorizado a responder em liberdade - Polícia - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Duplo homicídio19/02/2017 | 16h30Atualizada em 19/02/2017 | 16h30

Denunciado por tiroteio no Clube Rodeio, em Caxias, é autorizado a responder em liberdade

Daniel da Rosa Jordan teve a prisão revogada em 12 de janeiro

Denunciado por tiroteio no Clube Rodeio, em Caxias, é autorizado a responder em liberdade Brigada Militar / divulgação/divulgação
Duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas durante o ataque em setembro de 2016 Foto: Brigada Militar / divulgação / divulgação

Denunciado por dois homicídios consumados e outros três tentados em frente ao Clube Rodeio, em Caxias do Sul, Daniel da Rosa Jordan, 29 anos, conhecido como Carpa, foi autorizado a responder o processo em liberdade. A decisão do juiz Émerson Jardim Kaminski ocorreu em 12 de janeiro, depois de audiência de instrução. O réu foi apontado pela Polícia Civil como o autor dos disparos, em 18 de setembro de 2016, que resultaram na morte de Érica da Silva dos Santos, 21, e Iago Jacinto da Motta, 23, além de outras três vítimas baleadas que sobreviveram.

Na decisão, o magistrado explica que uma prisão cautelar tem por objetivo garantir a instrução do processo, o que ocorreu na audiência de janeiro. Por isso, não haveria mais motivos para Jordan permanecer recolhido e, assim, sua prisão preventiva foi revogada.

Leia mais
"Estamos perdidos, sem chão" diz padrasto de jovem morta ao sair de festa, em Caxias
Jovem morta em frente a uma casa noturna, em Caxias, teria sido baleada por engano
Polícia Civil prende segundo suspeito de mortes em frente a boate, em Caxias

Jordan estava preso desde 9 de outubro, quando foi capturado pela Polícia Civil no bairro Rio Branco. De acordo com a denúncia do Ministério Público, realizada no mês seguinte, Jordan estava no Clube Rodeio, acompanhado do irmão e amigos, até que os seguranças do local o colocaram para fora por comportamento inconveniente. O suspeito teria prometido se vingar.

Cerca de meia hora depois, Jordan retornou em uma motocicleta e, juntamente com um indivíduo ainda não identificado, atirou em frente à casa noturna. Diversas pessoas, que não tinham relação com a confusão, estavam na rua. Érica foi atingida e morreu no local. Motta foi socorrido e internado no Hospital Pompéia, onde morreu em 5 de outubro.

A promotora Silvia Regina Becker Pinto diz que os crimes foram todos praticados por motivo torpe — vingança —, por meio que resultou perigo comum — foram praticados em horário e local de intenso movimento — e dificultou a defesa das vítimas — que não tinham ligação com o fato, estavam distraídas e desarmadas quando foram surpreendidas com os tiros.

A próxima audiência do processo está marcada para 23 de fevereiro, quando será ouvido o depoimento de Jordan. Após, a juíza Milene Rodrigues Fróes Dal Bó, titular da 1ª Vara Criminal, decidirá se há elementos mínimos que comprovem que Jordan é o autor do crime e se este é um processo para o Tribunal do Júri. A estimativa é que sentença de pronúncia ocorra em três meses.

atirou em frente à casa noturna. Diversas pessoas, que não tinham relação com a confusão, estavam na rua. Érica foi atingida e morreu no local. Motta foi socorrido e internado no Hospital Pompéia, onde morreu em 5 de outubro.

A promotora Silvia Regina Becker Pinto diz que os crimes foram todos praticados por motivo torpe — vingança —, por meio que resultou perigo comum — foram praticados em horário e local de intenso movimento — e dificultou a defesa das vítimas — que não tinham ligação com o fato, estavam distraídas e desarmadas quando foram surpreendidas com os tiros.

A próxima audiência do processo está marcada para 23 de fevereiro, quando será ouvido o depoimento de Jordan. Após, a juíza Milene Rodrigues Fróes Dal Bó, titular da 1ª Vara Criminal, decidirá se há elementos mínimos que comprovem que Jordan é o autor do crime e se este é um processo para o Tribunal do Júri. A estimativa é que sentença de pronúncia ocorra em três meses.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros