Serra concentra 22% dos ataques a unidades bancárias no Estado - Polícia - Pioneiro

Polícia27/12/2016 | 13h34

Serra concentra 22% dos ataques a unidades bancárias no Estado

Região teve 62 casos em 2016

Serra concentra 22% dos ataques a unidades bancárias no Estado Altamir Oliveira/rádio Estação FM / divulgação
Bandidos arrombam agência bancária em Carlos Barbosa Foto: Altamir Oliveira / rádio Estação FM / divulgação

Com o ataque com maçarico a um caixa eletrônico da agência do Banrisul de Carlos Barbosa, na noite desta segunda-feira, a Serra Gaúcha chegou à marca de 62 ataques contra unidades bancárias em 2016. A região é a segunda com mais casos, concentrando 22% dos ataques no Estado. A Região Metropolitana de Porto Alegre é a que tem mais crimes, com 46%. No ranking dos municípios mais atacados, a Capital está em primeiro. Em seguida, aparece Caxias do Sul.Em quinto lugar no ranking do Estado está o município de Flores da Cunha, com seis ataques. Desses, apenas um foi na área urbana do município. Na madrugada de 1° de agosto, criminosos arrombaram um caixa eletrônico do Banco do Brasil com o uso de uma furadeira. Foram dois casos na localidade de São Gotardo e outros três no distrito turístico de Otávio Rocha. Os dois crimes em São Gotardo aconteceram durante o horário bancário.

Leia mais
Homem é preso após assaltar ótica no Centro de Bento na tarde desta segunda
'O Natal foi mais intenso', comemora dono após volta de cachorra roubada em Caxias do Sul

Em Otávio Rocha, o caso mais grave foi em janeiro, quando criminosos quebraram a porta do posto do Banrisul com um machado e fizeram cordão humano. Conforme o sub-prefeito de Otávio Rocha, Remi Damin, o distrito conta com uma casa onde, há cerca de 10 anos, chegou a ser a residência de um policial militar. Neste ano, a casa foi reformada com recursos da Associação de Amigos de Otávio Rocha. Damin explica ainda que a comunidade está fazendo orçamentos com empresas de vigilância para garantir segurança 24 horas na localidade.

No último dia 7, uma ação da Polícia Civil, comandada pelo Departamento de Investigações Criminais (Deic), desarticulou uma quadrilha de Caxias do Sul especializada em assaltos ao estilo 'novo cangaço' na Serra. Esse tipo de ação ocorre em horário bancário em que funcionários dos bancos, clientes e vizinhos das agências são feitos de reféns.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros