Réu é condenado a 14 anos por homicídio no Jardim Iracema, em Caxias - Polícia - Pioneiro

Sete anos depois29/11/2016 | 16h45Atualizada em 29/11/2016 | 16h45

Réu é condenado a 14 anos por homicídio no Jardim Iracema, em Caxias

Adriano Rodrigues de Souza cumprirá pena em regime inicial fechado

Pioneiro
Pioneiro

Sete anos após o crime, o Tribunal do Júri de Caxias do Sul condenou Leon Adriano Rodrigues de Souza, 23 anos, pela morte de Daniel Francisco Fratta, 25 anos na época. O crime ocorreu em 25 de novembro de 2009, nas proximidades do campo de futebol do bairro Jardim Iracema. A sentença de 14 anos de prisão, em regime inicial fechado, foi pronunciada nesta terça-feira.

Leia mais
Em confronto com a polícia, procurado da Justiça é baleado em Caxias
Homem morre ao tentar furtar obra em Caxias do Sul
Reunião definirá data de abertura da nova sede da Polícia Civil de Caxias

Conforme denúncia do Ministério Público, na ocasião do crime, o réu e seus comparsas estavam em companhia da vítima, por motivo não esclarecido, quando Souza sacou uma arma e começou a atirar. Fratta ainda tentou fugir, mas foi atingido e morreu no local. 

Na opinião da promotora Silvia Regina Becker Pinto, o réu usou recurso que dificultou a defesa da vítima, tomando-a de surpresa quando estavam sentados lado a lado. A circunstância demonstra que Leon não tinha razão para atacar Daniel, visto que a vítima não tinha como fugir e se defender do crime.


 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros