Preso segundo suspeito da morte de empresário em Caxias - Polícia - Pioneiro

Investigação25/11/2016 | 13h30Atualizada em 25/11/2016 | 13h35

Preso segundo suspeito da morte de empresário em Caxias

Fernando Weber, de 43 anos, foi morto em assalto no início do mês

Preso segundo suspeito da morte de empresário em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Agentes da Polícia Civil de Tramandaí, no Litoral Norte, localizaram o segundo suspeito de ter envolvimento na morte do empresário Fernando Weber, de 43 anos. Ele foi morto com um tiro na noite de 3 de novembro em um assalto no bairro Santos Dummont, em Caxias do Sul.

Leia mais:
Saiba por que 2016 é o ano mais violento da história de Caxias
Jovem é baleado nas costas após ter a motocicleta roubada, em Caxias
Polícia tem acesso às imagens que mostram momento em que florista é morto por assaltantes em Caxias
Florista Fernando Weber é morto em assalto em Caxias do Sul
Amigos de empresário assassinado em Caxias do Sul fazem caminhada para chamar a atenção sobre a violência na cidade

O suspeito, de 23 anos, estava com mandado de prisão temporária. Os agentes conseguiram localizar o homem na manhã de quinta-feira. Depois, ele foi trazido para Caxias já à noite. De acordo com o delegado Mário Mombach, da Delegacia de Furtos, Roubos e Capturas (Defrec) de Caxias, no depoimento, o homem admitiu que estava no local do crime, mas negou ter participado do assalto. Como ele não confessa o crime e a prisão é temporária, seu nome não está sendo divulgado. O inquérito deve ser finalizado até segunda-feira.

No dia 4 de novembro, dia seguinte ao crime, Jones Martins da Fonseca, 23 anos, foi preso no bairro Planalto, em Caxias. Fonseca confirmou a autoria do disparo e afirmou que o objetivo era levar o carro de Weber. 

Fernando Weber era proprietário da floricultura Guarany e da empresa FW Flores e Decorações. Ele trabalhava junto com a família no ramo de decoração de festas. 

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros