Policiamento comunitário é tema de seminário internacional em Caxias - Polícia - Pioneiro

Brigada Militar20/11/2016 | 11h46Atualizada em 20/11/2016 | 13h34

Policiamento comunitário é tema de seminário internacional em Caxias

Evento será no auditório do Personal Royal Hotel e terá a presença do secretário estadual de Segurança Pública Cezar Schirmer

Policiamento comunitário é tema de seminário internacional em Caxias André Fiedler/Divulgação
Há quatro anos Caxias do Sul conta conta com o apoio do programa de Policiamento Comunitário Foto: André Fiedler / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Sede de oito núcleos de policiamento comunitário, Caxias do Sul recebe nesta segunda e terça-feira a segunda edição do Seminário Internacional de Polícia Comunitária. O evento, que é destinado à policiais militares e líderes especializados no tema, ocorre no auditório do Personal Royal Hotel com a presença do secretário estadual de Segurança Pública Cezar Schirmer, do comandante-geral da Brigada Militar, coronel Alfeu Freitas Moreira, além do prefeito Alceu Barbosa Velho. O evento faz parte das comemorações dos 179 anos da Brigada Militar (BM).

Leia mais:
Dupla é presa após assaltar ônibus na BR-116, em Caxias
Incêndio destrói casa em Bento Gonçalves
BM prende trio por furtos ao comércio em Gramado, Canela e Nova Petrópolis
Famílias do Vila Amélia II tentam ocupar área pública no bairro Villagio Iguatemi em Caxias

As boas práticas utilizadas pela polícia ostensiva nas regiões metropolitanas, a difusão da filosofia de Polícia Comunitária, a relação entre o policiamento e a mídia e a complexidade da atuação da BM em cidades onde se concentram os maiores índices de criminalidade e violência são os principais assuntos que serão discutidos no evento. Palestrantes do Japão, Uruguai, Minas Gerais, São Paulo e Bahia também estarão presentes.

Polícia mais próxima da comunidade

Há quase quatro anos Caxias do Sul conta com o apoio do programa de Policiamento Comunitário. A cidade foi a primeira a receber núcleos comunitários no Estado, a partir de projeto inspirado em modelos do Japão e do policiamento de quarteirão. A prática, que tem como objetivo aproximar a comunidade dos policiais, interfere nos índices de crimes contra a vida e contra o patrimônio.

No modelo de policiamento comunitário adotado no município, o Estado adquire novas viaturas e armamento, além de designar os policiais que atuarão no programa. A prefeitura paga um auxílio-moradia mensal ao policial para que ele more na região onde vai atuar. Os bairros são divididos em núcleos com três policiais e uma viatura.

Ao todo, 37 bairros, além de distritos de Caxias foram contemplados com o programa, que iniciou em 2012. Os parques Cinquentenário e dos Macaquinhos também contam com bases de policiamento comunitário.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros