Polícia Civil recupera 83 baterias avaliadas em R$ 91 mil, em Caxias - Polícia - Pioneiro

Receptação18/11/2016 | 12h00Atualizada em 18/11/2016 | 14h02

Polícia Civil recupera 83 baterias avaliadas em R$ 91 mil, em Caxias

Dois homens foram presos após investigação iniciada em Ivoti

Pioneiro
Pioneiro

Uma operação da Polícia Civil recuperou 83 baterias, com valor estimado em R$ 91 mil, em Caxias do Sul nesta quinta-feira. A ação ocorreu nas ruas Silvio Toigo, no bairro Rio Branco, e Angelo Muratore, no bairro De Lazzer, e resultou em duas prisões. Segundo o delegado Alexandre Luiz Fleck, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio de Concessionárias e Serviços Delegados (DRCP), a investigação teve início há cerca de dois meses, após apreensão de 32 baterias em uma loja de baterias em Ivoti, no Vale dos Sinos.

Leia mais
Polícia Civil apreende cinco armas na casa de homem que tentou matar a ex-mulher em Caxias
Polícia Civil faz operação contra o tráfico de drogas na Serra
Homem em liberdade provisória é preso com carro blindado e drogas em Caxias

O produto teria sido subtraído de estações rádio-base de telefonia.Ao procurar a origem do material, a investigação identificou o funcionário de uma empresa de telefonia sediada em Caxias do Sul como sendo o responsável. Nesta quinta-feira, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em endereços relacionados ao suspeito na Serra. Foram encontradas 65 peças que possuíam inscrições explícitas de venda proibida, o logotipo de empresa e número de Disque-denúncia.

Na sequência, os policiais foram até uma loja de baterias apontada como possível local de receptação. Lá, foram encontradas outras 18 unidades de propriedade de uma concessionária de serviço público. O proprietário do empreendimento foi preso em flagrante.

Os investigados foram autuados por receptação qualificada, com pena de três a oito anos de reclusão, e apropriação indébita majorada, cuja pena é de um a quatro anos. Eles foram conduzidos para o sistema penitenciário em Caxias do Sul.

 
 

Siga o Pioneiro no Twitter

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros