Escondido no banheiro, homem fotografava estudantes na Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), em Caxias - Polícia - Pioneiro

Polícia22/11/2016 | 13h36Atualizada em 22/11/2016 | 17h31

Escondido no banheiro, homem fotografava estudantes na Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), em Caxias

Ele foi preso no começo da tarde desta terça-feira

Escondido no banheiro, homem fotografava estudantes na Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), em Caxias Marco Zeminhani/Divulgação
Foto: Marco Zeminhani / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Um homem de 31 anos foi preso no começo da tarde desta terça-feira suspeito de fotografar mulheres no banheiro da Faculdade da Serra Gaúcha (FSG), em Caxias do Sul. De acordo com o CRPO/Serra, ele se escondia no local, aguardava a entrada das estudantes e fazia imagens delas. Ele não é aluno da instituição.

Conforme testemunhas, o homem foi detido depois que uma das estudantes foi entrar no banheiro e o suspeito empurrou a porta contra ela. A mulher se assustou e correu em busca de socorro. No celular do suspeito, foram encontradas diversas imagens das jovens, que têm entre 20 e 26 anos. O nome dele não foi informado pela polícia. 

Suspeita-se que os casos aconteciam há cerca de 20 dias nos vestiários das piscinas dos cursos de Educação Física e Fisioterapia. As mulheres, inclusive, procuravam ir ao banheiro em duplas. Conforme as jovens, a administração da FSG foi informada sobre o fato, porém não teria dado suporte às vítimas.

Leia mais:
Idoso que matou esposa e feriu enteada, em Caxias, deixou carta onde explica a motivação do crime

Dono de cavalo ferido em Vila Oliva, no interior de Caxias, é identificado
Boneco do Papai Noel some da Praça Dante Alighieri, em Caxias
Secretaria prevê enviar proposta de regulamentação da Uber à Câmara de Caxias até sexta

Uma professora do curso de Educação Física, que acompanhava as estudantes na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA), conta que a instituição foi comunicada no mesmo dia em que as alunas avisaram sobre a presença do homem no vestiário feminino. Conforme ela, câmeras de segurança teriam gravado a ação do suspeito, mas as imagens não eram nítidas, por isso, não foi possível identificá-lo antes.

O homem tem histórico de ocorrências em banheiros da cidade, por importunação ofensiva ao pudor. Ele já foi flagrado por espiar mulheres por baixo da porta do banheiro de um shopping e por filmagens em vestiários de uma academia da cidade.

Em nota divulgada à imprensa, o Centro Universitário informou que lamenta o ocorrido e não tolera atos dessa natureza. A direção também afirma que não teve conhecimento do caso antes. No comunicado, a instituição afirma que mantém equipes de segurança interna e câmeras de monitoramento em todos os seus espaços permitidos.

 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros