Bebê jogado de sacada04/03/2013 | 13h13Atualizada em 04/03/2013 | 14h58

"Eu vi quando ela jogou o bebê", diz frentista vizinho de prédio de onde criança caiu em Bento Gonçalves

Mãe atirou filha de sete meses pela sacada na manhã desta segunda-feira

Enviar para um amigo
"Eu vi quando ela jogou o bebê", diz frentista vizinho de prédio de onde criança caiu em Bento Gonçalves Daniela Xu/ Divulgação/
Rossano (E) e Márcio foram os primeiros a chegar até o bebê, no telhado no prédio Foto: Daniela Xu/ Divulgação

Um frentista que trabalhava no posto de combustíveis localizado em frente ao prédio de onde uma criança foi jogada pela mãe nesta segunda-feira, em Bento Gonçalves, viu a cena e correu para ajudar no socorro da criança. Ele estava abastecendo um veículo quando ouviu o barulho da sacada sendo aberta.

— Olhei para o prédio e vi a mulher erguendo o bebê e o jogando por cima da grade. Eu vi quando ela jogou o bebê. Isso é chocante, porque eu também tenho filhos pequenos — afirma Rossano Soares de Freitas, 26 anos.

A criança rolou pelo telhado do primeiro andar e parou próxima da letra R na placa de uma loja que fica no térreo do prédio. Rossano tentou pegar uma escada para retirar a criança, mas acabou entrando no edifício quando o vizinho que mora no primeiro andar jogou a chave do seu apartamento. Ele entrou no prédio junto com o gerente do posto, Márcio César Garbin, 36, que foi quem chegou primeiro até o bebê.

— O Márcio chegou na criança, mas em seguida o pai dela apareceu e a pegou. Logo chegaram os bombeiros também — acrescenta o frentista.

Segundo a delegada Isabel Pires Trevisan, titular da Delegacia de Pronto-Atendimento, a mulher de 24 anos vai responder por dupla tentativa de homicídio. A delegada tentou ouvir a mãe pela manhã, mas não foi possível porque a mulher não respondia. Ela está internada no Hospital Tacchini.

Comentar esta matéria Comentários (0)

Esta matéria ainda não possui comentários

Siga o Pioneiro no Twitter

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros