Moradora de Caxias do Sul relata recebimento de sementes misteriosas da China - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Investigação06/10/2020 | 15h39Atualizada em 07/10/2020 | 11h13

Moradora de Caxias do Sul relata recebimento de sementes misteriosas da China

Ilizandra Santos da Silva repassou material para Secretaria Estadual da Agricultura

Moradora de Caxias do Sul relata recebimento de sementes misteriosas da China Ministério da Agricultura/Mapa
No Rio Grande do Sul, pelo menos 15 coletas chegaram à Secretaria da Agricultura Foto: Ministério da Agricultura / Mapa
Pioneiro
Pioneiro

Há registro em Caxias do Sul do caso de sementes misteriosas da China que chegam pelos Correios para pessoas que não solicitaram a encomenda. Segundo o Ministério da Agricultura, 258 pacotes foram entregues no Brasil em 24 Estados.

Leia mais:
Sementes misteriosas da China: governo afirma ter encontrado fungos e ácaros em amostras; 15 casos são investigados no RS 

A cuidadora de idosos Ilizandra Santos da Silva, 39 anos, moradora do bairro São Caetano, foi a destinatária de um dos envelopes. A entrega foi feita via Sedex no dia 23 de setembro, mas Ilizandra não estava em casa. Dois dias depois, foi ao posto do Correios com o documento para retirada da correspondência.

— Tinha dois envelopes bem colados e bem fechados, um dentro do outro, e um saquinho com as sementes dentro — relata. 

Ilizandra conta que não tem o costume de fazer compras pela internet e não sabe onde os remetentes podem ter encontrado seus dados. Orientada por um conhecido e temendo pelo fato de ter seus dados, como endereço e CPF, na entrega não solicitada, Ilizandra procurou a polícia para registrar um boletim de ocorrência. 

Na delegacia, foi encaminhada à Coordenadoria Regional da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, onde entregou as sementes para serem analisadas.

Conforme o governo brasileiro, fungos, ácaros e até plantas daninhas foram detectados nas sementes, até agora, nas 39 amostras que chegaram ao laboratório de análises. Em um dos casos foi encontrada a presença de um ácaro vivo e bactérias ainda sem identificação — a análise final deverá ser concluída somente em um mês. 

A orientação é que o receptor não plante, não descarte, não coloque em água e nem enterre o produto recebido sem solicitação. Em Caxias, as sementes devem ser entregues na Rua Vindima, 1.855, próximo ao Parque dos Macaquinhos. O contato pode ser realizado pelo número (54) 3221-1940.

O QUE FAZER

O procedimento recomendado caso receba esse tipo de pacote:

- Coloque em um saco plástico e encaminhe à inspetoria de defesa agropecuária, para ser destinado a análise e descarte adequado.

- Não plante, enterre ou jogue fora o pacote. Não viole a embalagem, para não expor o conteúdo ao ambiente.

- A importação de sementes só pode ser feita seguindo regras e com acompanhamento do Ministério da Agricultura.

Fonte: Ricardo Falicetti, chefe da divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seretaria da Agricultura do RS

Leia também
TCE suspende licitação para asfaltamento da Estrada dos Romeiros, em Farroupilha
Demora em obra no interior de Caxias gera inquérito no Ministério Público

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros