Levantamento mostra que 25% dos alunos do Fundamental perderam contato com a escola em Vacaria - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Durante a pandemia22/10/2020 | 08h41Atualizada em 22/10/2020 | 08h41

Levantamento mostra que 25% dos alunos do Fundamental perderam contato com a escola em Vacaria

Conforme dados do Conselho Tutelar, 11,5% não retiraram atividades e 13,5% deixaram de devolver

Levantamento mostra que 25% dos alunos do Fundamental perderam contato com a escola em Vacaria Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Ano letivo atípico, em que alunos estão afastados da escola, preocupou Conselho Tutelar Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Dados apurados pelo Conselho Tutelar mostram que 25% dos alunos do Ensino Fundamental deixaram de ter contato com a escola durante o período da pandemia em Vacaria. Desse total, 11,5% não retiraram atividades não presenciais e outros 13,5% chegaram a buscar, mas não devolveram. São, no total, 5,3 mil alunos no Ensino Fundamental e 1,3 mil estão incluídos em algum desses dois grupos. 

Conforme o coordenador do Conselho Tutelar de Vacaria, Vinícius Maciel Carraro, o levantamento começou devido à preocupação de que as famílias não fizessem o acompanhamento. Além disso, segundo ele, uma grande parte das denúncias de maus tratos ou negligência chegam ao Conselho por meio dos professores. Sem contato com a escola, os estudantes podem estar mais vulneráveis a essas situações.  

— Diante destes fatos, foi montada uma força-tarefa entre Secretaria da Educação, 23º CRE (Coordenadoria Regional da Educação), Conselho Tutelar e Ministério Público para buscar esses alunos que “desapareceram” da escola neste ano letivo atípico — explica Carraro. 

O trabalho resultou em uma busca ativa, em que a escola entra em contato com a família por telefone ou presencialmente para orientar sobre o retorno dos alunos. Caso o aluno não volte, o nome dele é encaminhado ao Conselho, que visita a casa e faz uma advertência escrita aos pais ou responsáveis. Se ainda assim a situação permanecer, os responsáveis podem ser processados por abandono intelectual, com pena de detenção de 15 a 30 dias ou multa. 

De acordo com o conselheiro tutelar, 200 famílias já foram visitadas e, desse total, 80% dos alunos voltaram a ter contato com a escola. Agora, o trabalho continua para contatar os demais.  

— Queremos que isso sirva de incentivo para que outros Municípios promovam ações parecidas — afirma o coordenador do Conselho Tutelar.  

Confira os dados: 

Total de alunos do Ensino Fundamental = 5.343 

Alunos que não retiraram atividades não presenciais na escola: 598 (11,5%) 

Alunos que retiraram as atividades e não devolveram à escola: 718 (13,5%) 

*Fonte: Conselho Tutelar de Vacaria 

Leia também
"Ela cuidava tão bem dele", diz familiar de mulher que escondeu cadáver em Vacaria
"Alunos não podem perder o ano, tem que ter uma solução", diz procurador federal, sobre IFRS de Farroupilha
Empresa busca candidatos para trabalhar na ponte de vidro de Canela. Saiba como participar

 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros