Escolas farão levantamento sobre volta da rede municipal de Educação Infantil em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Retorno presencial15/10/2020 | 12h15Atualizada em 15/10/2020 | 12h15

Escolas farão levantamento sobre volta da rede municipal de Educação Infantil em Caxias

Ideia é avaliar quantas famílias pretendem mandar os filhos para as instituições quando elas reabrirem

Escolas farão levantamento sobre volta da rede municipal de Educação Infantil em Caxias Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Escolas de Educação Infantil da rede particular voltaram às aulas presenciais no mês passado Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Começa na semana que vem um levantamento que será conduzido pela prefeitura de Caxias do Sul e pelas organizações responsáveis pela gestão compartilhada das escolas municipais de Educação Infantil para avaliar quantas famílias pretendem mandar os filhos para as instituições quando elas reabrirem. Esta será a primeira etapa do processo para a volta do atendimento presencial e vai embasar a construção de um plano de contingência geral que será montado pelo Centro de Operações de Emergência (COE). 

Leia mais
Escola de Educação Infantil e casas de mães crecheiras são interditadas em Caxias
Reabertura das escolas infantis: o que o retorno pode ensinar aos demais níveis da educação em Caxias
Pesquisa com mais de 500 professores revela que maioria tem medo de contágio com retorno das aulas presenciais 

Esse documento vai direcionar ações que devem ser tomadas pelas 45 escolas dessa etapa de ensino ligadas à rede municipal, mas cada uma também terá de sofrer adaptações dentro do contexto individual. São aproximadamente três mil alunos atendidos nessas escolas. Os primeiros a voltar serão as crianças de zero a três anos. A secretária municipal da Educação, Flávia Vergani, estima que será necessário cerca de um mês para voltar às atividades presenciais dos pequenos, mas salienta que ainda não há uma data definida para isso:

— Em seguida, já vamos iniciar uma capacitação para todos os profissionais ligados às instituições, às famílias, também a organização dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). Não temos ainda uma data de retorno, mas estamos no processo de reabertura, fazendo toda essa elaboração do plano de contingência, para que a gente possa fazer a reabertura de forma segura. 

Para o levantamento, as escolas vão entrar em contato por telefone ou e-mail com as famílias. Como as normas do Estado estabelecem que as salas devem comportar só metade dos alunos, uma alternativa estudada pelo município em caso de alto interesse é não oferecer turno integral inicialmente, com a divisão dos alunos em diferentes períodos. 

O governador Eduardo Leite anunciou na quarta-feira (14) que a volta às aulas na rede estadual vai ocorrer a partir da próxima terça-feira (20). No entanto, isso não interfere na Educação Infantil, porque a responsabilidade por esta etapa é dos municípios.

Leia também
Para frear avanço da covid-19, Gramado suspende atividades esportivas coletivas
Falta um mês para a eleição municipal
Tempo será firme e ensolarado na maior parte da Serra nesta quinta-feira 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros