MP de Gramado analisa surto de coronavírus em casa asilar que teve sete mortes - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Pandemia16/09/2020 | 21h30Atualizada em 16/09/2020 | 21h30

MP de Gramado analisa surto de coronavírus em casa asilar que teve sete mortes

Promotora do município aguarda respostas da instituição e do governo municipal

MP de Gramado analisa surto de coronavírus em casa asilar que teve sete mortes Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O surto de coronavírus no Santa Ana Residencial Geriátrico, de Gramado, chamou a atenção, e com notícias tristes desde a metade da última semana. Os primeiros diagnósticos positivos para a covid-19 ocorreram no dia 3 de setembro, onde 21 dos 30 idosos foram identificados com a infecção. Desde então, um terço acabou falecendo. Nesta quarta-feira (16), a prefeitura do município das Hortênsias confirmou a sétima morte de um paciente que residia no local. Ainda existem cinco internos e uma funcionária em UTI, além de outra pessoa em enfermaria.

Leia mais
Prefeitura de Gramado confirma morte de sexta moradora de lar de idosos que teve surto de covid-19
Acompanhe os casos confirmados na Serra 

Os fatos deixam o Ministério Público do Estado em alerta. A promotora de Gramado aguarda respostas de ofícios encaminhados para a Secretaria Municipal da Saúde e também à instituição. Após, ela irá definir a ação que irá tomar. 

Em Torres, em um caso mais brando, após um surto com oito diagnósticos positivos em uma instituição de longa permanência de idosos (ILPI), o MP ingressou com uma ação civil pública pedindo o afastamento do diretor da casa asilar e o encampamento do local pela prefeitura, já que se trata de uma instituição privada. O promotor do município litorâneo sugere que o secretário municipal da Saúde assuma a gestão da ILPI por seis meses, a fim de organizar o funcionamento do local. Medidas assim não podem ser descartadas também na Serra gaúcha.

Outra casa asilar que está recebendo maior atenção do MP é a de Antônio Prado. Foi identificado um surto na Clínica Geriátrica São Luiz no fim de agosto, onde dois idosos acabaram falecendo. O órgão estadual investiga a ILPI, mas por outras informações.

TESTAGEM EM CAXIAS

Caxias do Sul está realizando a terceira rodada de testes nas 33 instituições – ILPIs e congregações religiosas. Desde a última segunda-feira até ontem, 196 pessoas foram testadas, entre idosos e funcionários, com 35 casos positivos. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), são 19 residentes, sendo 11 recuperados, e 16 funcionários, com nove livres do vírus.

Nas duas fases anteriores foram realizados 2.489 testes em 33 casas do município, com 51 positivos na fase inicial e 37 na segunda rodada. Segundo a SMS, oito surtos foram diagnosticados, sendo que cinco foram encerrados e outros três seguem em monitoramento. Até a metade de setembro, foram oito óbitos de idosos que eram atendidos em ILPIs.

Leia também
Prefeitura de Gramado busca explicações para estrondos e tremores na cidade com especialistas 
Escola de Ensino Médio da rede municipal de Bento Gonçalves volta às aulas presenciais na segunda

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros