Menina de Caxias do Sul que luta contra um câncer na mandíbula precisa de ajuda para custear exame - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Vaquinha15/09/2020 | 15h44Atualizada em 15/09/2020 | 15h44

Menina de Caxias do Sul que luta contra um câncer na mandíbula precisa de ajuda para custear exame

Tratamento de Victória Camargo Neves depende de um exame que não é coberto pelo SUS e pode chegar a custar R$ 20 mil

Menina de Caxias do Sul que luta contra um câncer na mandíbula precisa de ajuda para custear exame Arquivo pessoal / Divulgação/Divulgação
Victória ao lado da mãe, Sharon Fonseca Camargo Foto: Arquivo pessoal / Divulgação / Divulgação

Diagnosticada com câncer na mandíbula em abril de 2019, Victória Camargo Neves, 10 anos, precisa de uma ajuda da comunidade para seguir com o tratamento. A menina não pode ter o tumor retirado em cirurgia em função do risco da operação e, agora, depende de um teste abrangente de perfil genômico, que não é coberto pelo SUS e pode chegar a custar R$ 20 mil. Segundo a mãe de Victória, Sharon Fonseca Camargo, o valor é alto porque demanda profissionais de São Paulo, que vêm coletar as lâminas do tumor e enviam para os Estados Unidos.

Sharon explica que o SUS forneceu outra modalidade de exame, mas que o procedimento não foi eficaz o bastante para avaliar qual o tipo de alteração gênica que provocou o câncer em Victória. Já o teste abrangente de perfil genômico detecta mais de 500 tipos de mutação. Para exemplificar, a mãe comenta que é possível existirem várias crianças com o mesmo câncer, mas a alteração gênica pode ser diferente em cada uma delas. Por meio da técnica de NGS (next generation sequencing), o teste abrangente de perfil genômico identifica as mutações com precisão e aponta qual o melhor medicamento para Victória. Como ela já encerrou o protocolo de quimio e radioterapia, os remédios são a saída para impedir o crescimento do tumor, prolongando a vida da menina.

Leia mais
Mês destinado ao combate do câncer infanto-juvenil tem programação em Bento Gonçalves
Pais e pediatras devem ficar atentos aos sinais que podem indicar se crianças estão doentes

Victória recebeu o diagnóstico de rabdomiossarcoma mandibular em 1º de abril do ano passado. Ela iniciou o tratamento em Caxias do Sul, mas não obteve melhora e precisou procurar atendimento na Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre. Na Capital, passou por 54 sessões de quimioterapia e 28 sessões de radioterapia. O protocolo diminuiu o tumor, mas não o eliminou.

A família afirma que enfrenta dificuldades financeiras. Para ajudar, você pode entrar em contato com a mãe da Victória, Sharon, por meio do telefone (54) 99974-3694 ou (54) 8168-7647; doar valores na conta bancária da menina ou participar da vaquinha virtual.

Dados da conta bancária:
:: Victória Camargo Neves
:: CPF: 040.678.960-69
:: Caixa Federal
:: Agência: 0465
:: Conta poupança: 306043-9

Macarronada do Bem

Para ajudar na divulgação da causa, a equipe de voluntários Som+r, de Bom Jesus, organiza uma macarronada beneficente na modalidade pegue e leve, para o dia 10 de outubro, a partir das 19h, no CTG Presilha do Rio Grande. Interessados em adquirir ingressos devem procurar pela página da Som+r ou entrar em contato com o número (54) 99941-5704. Para quem não pode retirar o prato em Bom Jesus, é possível comprar os ingressos e destinar a comida para entidades da cidade; basta informar a organização do evento no momento da compra. O ingresso custa R$ 15 — valor que deve ser inteiramente revertido para a família de Victória, uma vez que todos os ingredientes são provenientes de doações e a mão de obra para a realização do jantar é voluntária.

Leia também
Agência do INSS segue sem peritos; usuários são orientados na porta de entrada em Caxias 
Pandemia impacta transplantes e lista de espera cresce na Serra
Artista plástico Marcelo Hübner traz a exposição "Flores Concretas" a Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros