Inicia pavimentação da estrada de acesso ao cânion Fortaleza, em Cambará do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Infraestrutura30/09/2020 | 14h53Atualizada em 30/09/2020 | 14h53

Inicia pavimentação da estrada de acesso ao cânion Fortaleza, em Cambará do Sul

Obra iniciou em agosto e tem previsão de conclusão em 2022

Inicia pavimentação da estrada de acesso ao cânion Fortaleza, em Cambará do Sul Camila Boff/Agência RBS
Obra orçada em R$ 9,5 milhões vai concluir pavimentação do acesso ao cânion Fortaleza Foto: Camila Boff / Agência RBS

A estrada de acesso ao cânion Fortaleza, em Cambará do Sul, deve ter a pavimentação concluída até fevereiro de 2022. As obras no trecho final da CS-012 iniciaram em agosto e serão divididas em duas etapas: a primeira parte, de cerca de um quilômetro até a entrada do Parque Nacional da Serra Geral, em asfalto e o restante em blocos de concreto, totalizando 8,36 quilômetros.

A obra está orçada em R$ 9,5 milhões, com recursos repassados pelo Ministério do Turismo. O cânion Fortaleza fica distante 23 quilômetros do centro de Cambará, sendo que os 15 quilômetros iniciais da CS-012 já são asfaltados.

Leia mais:
Governo federal prevê R$ 17 milhões de investimento em 30 anos para concessão de parques de Cambará do Sul
Proposta prevê passarelas sobre cânion em Cambará do Sul

A pavimentação do acesso aos parques nacionais de Cambará faz parte do processo de concessão das áreas à iniciativa privada. A privatização foi anunciada no início do ano, e a previsão mais recente é que o edital de licitação seja lançado ainda em outubro.

Verba para acesso ao Itaimbezinho suspensa

A pavimentação do acesso ao cânion Itaimbezinho também deve ser feita através de recursos federais, oriundos de emendas parlamentares. Segundo o prefeito de Cambará, Schamberlaen José Silvestre, devido à pandemia de coronavírus os recursos que seriam repassados para a obra ainda este ano foram redirecionados pela bancada gaúcha para demandas da saúde no Estado.

Leia mais:
Como deve ser a concessão dos parques da serra gaúcha à iniciativa privada
Cânions de Cambará do Sul poderão receber até 1 milhão de visitantes por ano com concessão, diz prefeito 

A RS-427 tem 25 quilômetros e não conta com qualquer tipo de pavimentação. São 18 quilômetros até a entrada do Parque Nacional de Aparados da Serra e outros sete até a divisa com Santa Catarina. As obras no trecho catarinense da estrada chegaram a ser iniciadas, mas foram suspensas porque, segundo Schamberlaen, a empreiteira contratada entrou em recuperação judicial.

Leia também:
Três projetos irão disputar votos da população da Serra na Consulta Popular 2020
O que foi debatido na audiência pública do transporte coletivo de Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros