Após nove dias no hospital, morre jovem que teve 90% do corpo queimado em Farroupilha - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Morte19/09/2020 | 11h26Atualizada em 19/09/2020 | 11h26

Após nove dias no hospital, morre jovem que teve 90% do corpo queimado em Farroupilha

Ele recebeu uma descarga elétrica de 13,8 mil volts quando estava em uma subestação na RS-122

Adriano Bottini Marques, de 21 anos, morreu na última quinta-feira (17), no Hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre, depois de ter sofrido um choque elétrico. No dia 8 de setembro, ele foi encontrado, segundo informações dos bombeiros de Farroupilha, na subestação de energia elétrica que fica às margens da RS-122. Ele teve 90% do corpo queimado com a descarga elétrica.  

Ainda segundo os bombeiros, o jovem recebeu uma descarga elétrica de 13,8 mil volts. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para o pronto socorro do Hospital São Carlos, mas precisou ser transferido para Porto Alegre devido à gravidade das queimaduras. 

O corpo de Marques foi velado no bairro Alvorada e sepultado no Cemitério Público de Farroupilha na sexta-feira (18).  O jovem não era funcionário da subestação e o caso é investigado pela Polícia Civil

Leia também
Ônibus vão operar em horário restrito no domingo em Caxias do Su
MP denuncia seis suspeitos de envolvimento em assalto a ótica que culminou em morte em Feliz
Farmácia online para cavalos cresce em tempos de comemoração Farroupilha e Expointer online

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros