Serra segue na bandeira laranja - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Distanciamento controlado07/08/2020 | 18h24Atualizada em 07/08/2020 | 19h11

Serra segue na bandeira laranja

14ª rodada da classificação preliminar feita pelo governo do Estado foi divulgada na tarde desta sexta-feira 

Serra segue na bandeira laranja Divulgação / Govenro RS/Govenro RS
Foto: Divulgação / Govenro RS / Govenro RS

A macrorregião da Serra permaneceu na bandeira laranja na classificação preliminar do Modelo de Distanciamento Controlado do governo do Estado. A divulgação ocorreu na tarde desta sexta-feira (7). 

Leia mais
Acompanhe os casos confirmados na Serra 

A região, atualmente, está sob as regras do risco médio, mas porque conseguiu reverter por meio de recurso dos prefeitos a classificação vermelha que havia recebido na semana passada.

– É com imensa alegria que recebemos a notícia que a Serra gaúcha está na bandeira laranja. Isso é fruto do esforço de todas e também da aceitação do governo do Estado de melhorar o modelo através das nossas sugestões. Entretanto, é preciso ter cuidado, especialmente, neste final de semana do Dia dos Pais em que todos querem se encontrar. Segurem um pouquinho, cuidem muito, porque todo esse esforço gigantesco que está sendo feito pode ser jogado fora – declarou o presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior Nordeste (Amesne) em vídeo.

Mesmo assim, pela avaliação do governo do Estado, Caxias do Sul está entre as regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias (123), considerando o local de residência do paciente. Ficou atrás apenas de Porto Alegre (434).

Por parte da prefeitura de Caxias, seguem algumas restrições determinadas por decreto municipal como o fechamento de praças e parques aos finais de semana, o uso obrigatório de máscaras, a proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas e a limitação da entrada de famílias em estabelecimentos comerciais.

No Rio Grande do Sul, assim como na semana passada, 12 regiões tiveram classificação de risco alto (vermelha) de contágio pelo novo coronavírus. Só que, nesta rodada, o mapa passou a ter 21 regiões. A nova, de Guaíba, reúne os 19 municípios das regiões Carbonífera e Costa Doce, e ficou entre as de bandeira vermelha.

Os municípios e associações regionais podem apresentar pedidos de reconsideração, até este domingo, às 6h. Após análise das solicitações, serão divulgadas as bandeiras definitivas na tarde de segunda-feira que valerão a partir de terça.

Conforme o mapa preliminar, 275 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 7,7 milhões de habitantes, ou seja, 68,5% da população gaúcha. Desses, 126 municípios (597 mil habitantes ou 5,3% do Estado) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da regra 0 0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Leia também:
"Foi terrível. Assustador", diz vereador que teve a casa atacada por bandidos em Bento Gonçalves

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros