Segunda etapa de detonações em barragem com infiltração na Serra está programada para segunda-feira - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Passo do Meio 09/08/2020 | 15h21Atualizada em 09/08/2020 | 15h39

Segunda etapa de detonações em barragem com infiltração na Serra está programada para segunda-feira

Processo reduzirá volume de água do reservatório para que técnicos possam realizar manutenção na infiltração detectada no concreto

Segunda etapa de detonações em barragem com infiltração na Serra está programada para segunda-feira Defesa Civil/Divulgação
Processo reduzirá volume de água do reservatório para que técnicos possam realizar manutenção na barragem Foto: Defesa Civil / Divulgação

A empresa Energética Campos de Cima da Serra começa a segunda etapa para a abertura de comportas laterais da barragem Passo do Meio, em São Francisco de Paula, por meio de detonações controladas, entre as 18h desta segunda-feira (10) e as 6h de terça-feira (11). O primeiro avanço ocorreu no sábado (8), quando foi aberta uma das adufas (comportas) laterais, avançando 2,5 metros no concreto da barragem. Uma terceira fase será realizada de forma manual. A estimativa é de que a primeira comporta esteja aberta até o dia 12 de agosto.

A Coordenadoria Regional de Defesa Civil do Rio Grande do Sul, em conjunto com o Corpo de Bombeiros Militar e a Brigada Militar, realizou uma nova varredura das áreas ribeirinhas ao longo do Rio das Antas. A operação, que iniciou durante a madrugada de sábado, mobilizou cerca de 40 militares. No início da tarde, a empresa iniciou as ações de detonação controladas com uso de explosivos após a confirmação, por parte dos órgãos de segurança pública, da conclusão da varredura das áreas consideradas zonas de impacto direto.

 Leia mais
"É assustador pensar que a água pode levar tudo", diz morador de Flores da Cunha sobre infiltração em barragem da Serra
Moradores são retirados de casas que ficam nas margens do Rio das Antas devido infiltração em barragem da Serra 
"Sob controle e monitorada", afirma empresa sobre infiltração em barragem na Serra
Defesa Civil emite alerta a cidades da Serra após infiltração em barragem entre Bom Jesus e São Francisco de Paula  

As detonações vão reduzir significativamente o volume de água da barragem e o risco de inundação das áreas próximas ao Rio das Antas. As fissuras motivaram a interdição de 23 edificações que ficam na área de impacto, caso a barragem rompa durante as manobras. Em algumas propriedades, como em Flores da Cunha, moradores foram retirados das casas como parte do plano de emergência da empresa Energética Campos de Cima da Serra.

O uso de explosivos foi autorizado pelo Exército Brasileiro e o plano de aplicação para a abertura da primeira comporta foi também liberado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). De acordo com a empresa, foi calculado que a vibração da detonação não deve causar riscos à estrutura da barragem. Ainda não há prazo definido para conclusão da abertura das comportas.

Equipes da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs), Departamento de Recursos Hídricos e da Sala de Situação da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura seguem monitorando a situação e o nível do Rio das Antas nos pontos à montante e à jusante da barragem de forma permanente.

INTERDIÇÃO

Os proprietários de casas e imóveis interditados porque ficam nas proximidades do Rio das Antas devem seguir as orientações da Defesa Civil e da empresa. Eles não podem visitar ou permanecer nos espaços durante os próximos dias como forma preventiva.

CONTRAPONTO

A empresa se manifestou por meio de nota:

"Técnicos especializados seguem trabalhando ininterruptamente para solucionar a infiltração na barragem da PCH Passo do Meio. Como parte da obra de reparo e para auxiliar no esvaziamento do reservatório, a empresa executará detonações controladas, com início neste sábado (8). Devidamente autorizado pelas autoridades competentes, o procedimento foi elaborado de maneira conservadora para evitar riscos na integridade do barramento. Como medida adicional de prevenção, a população vem sendo continuamente alertada pela Defesa Civil e orientada a não se aproximar das margens do Rio das Antas. De propriedade da Energética Campos de Cima da Serra, a PCH Passo do Meio está operando normalmente, com o acompanhamento e interface contínua com autoridades locais e estaduais."

Leia também
Testagem em pessoas com sintomas gripais em Caxias do Sul deve começar nos próximos dias
Por suspeita de coronavírus, Câmara de Vereadores de Farroupilha suspende atividades
Motociclista morre em acidente na RS-129 em Dois Lajeados 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros