Cinco hospitais da região receberão recursos do Ministério da Saúde para atendimentos de cuidados prolongados - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Coronavírus13/08/2020 | 18h02Atualizada em 13/08/2020 | 18h02

Cinco hospitais da região receberão recursos do Ministério da Saúde para atendimentos de cuidados prolongados

A medida proporcionará a abertura de mais vagas em hospitais de referência para o tratamento da covid-19

Cinco hospitais da região receberão recursos do Ministério da Saúde para atendimentos de cuidados prolongados Roni Rigon/Agencia RBS
Hospital de Bom Jesus é uma das instituições da Serra que receberá recursos do Ministério da Saúde Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Cinco hospitais da Região Nordeste do Rio Grande do Sul que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) passarão a receber pacientes que necessitam de cuidados prolongados e atualmente ocupam leitos em hospitais de referência para a covid-19. O anúncio foi feito pelo governador Eduardo Leite, durante live realizada na tarde desta quinta-feira (13).

Além de outros 20 municípios, Bom Jesus, Bom Princípio, Cambará do Sul, Casca e Salvador do Sul são considerados Hospitais de Pequeno Porte (HPPs) e estarão habilitados para acolher pacientes idosos, com AVC, que precisem ficar em repouso ou que não têm condições de continuar o tratamento em casa. Segundo a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann, os pacientes também poderão ser oriundos de UPAS e UBSs, incluindo casos de pneumonia para cuidados prolongados nestes hospitais.

 Leia mais
Acompanhe os casos confirmados na Serra
Mais duas cidades da Serra Gaúcha registram mortes causadas pelo coronavírus 

O chefe do Executivo estadual afirmou que a medida proporcionará a abertura de mais vagas em hospitais de referência para o tratamento do coronavírus.

— É uma forma de conseguirmos abrir mais vagas em leitos de hospitais, transferindo pacientes que estão nas enfermarias ou prestes a receber alta da UTI. Só serão transferidos pacientes curados da doença, evitando riscos de contaminação. Todos os nossos esforços vão na direção de manter a capacidade de atendimento para os gaúchos e gaúchas, e temos conseguido isso — explicou o governador Eduardo Leite.

O Ministério da Saúde publicou a Portaria nº 2.012/20 na última segunda-feira (10), que prevê o repasse de recursos no valor de R$ 16,6 milhões aos hospitais de pequeno porte. De início, serão disponibilizados 965 leitos destes para os 25 hospitais gaúchos que possuem de 31 a 49 leitos clínicos.

Os estabelecimentos enquadrados nesta portaria não poderão realizar atendimento a pacientes com covid-19 e todos os leitos existentes deverão ser destinados para cuidados prolongados e disponibilizados para a Central de Regulação do Estado. O documento tem a vigência excepcional de 90 dias, com a possibilidade de ser prorrogada, e para a sua implementação foram considerados os critérios epidemiológicos e a rede assistencial disponível no Rio Grande do Sul.


HOSPITAIS DA REGIÃO CONTEMPLADOS:

:: Bom Jesus: Hospital de Bom Jesus
:: Bom Princípio: Hospital São Pedro Canísio
:: Cambará do Sul: Fundação Hospitalar São José
:: Casca: Hospital Beneficente Santa Lúcia
:: Salvador do Sul: Associação Beneficente Hospitalar São Salvador

 Leia também
Bento Gonçalves registra mais dois óbitos e alcança a marca de 88 mortes por coronavírus
Câmara de Vereadores de Farroupilha tem mais dois casos de coronavírus
RS-453 recebe primeiras ações para construção do novo acesso ao bairro Tamandaré, em Garibaldi 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros