Bento amplia pontos de distribuição de kits com ivermectina e azitromicina para pacientes com covid-19  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Saúde06/08/2020 | 10h35Atualizada em 06/08/2020 | 10h35

Bento amplia pontos de distribuição de kits com ivermectina e azitromicina para pacientes com covid-19 

Prefeitura também vai fornecer medicamentos para quem for encaminhado pela rede particular 

Bento amplia pontos de distribuição de kits com ivermectina e azitromicina para pacientes com covid-19  Divulgação / Prefeitura de Bento Gonçalves/Prefeitura de Bento Gonçalves
Sem comprovação científica da eficácia, os remédios só podem ser retirados com indicação médica Foto: Divulgação / Prefeitura de Bento Gonçalves / Prefeitura de Bento Gonçalves

A distribuição de kits de tratamento precoce da covid-19 em Bento Gonçalves ganhou nesta semana um novo ponto. Agora, os pacientes com indicação médica para tomarem os remédios podem retirá-los também no Pronto Atendimento 24h Zona Norte, localizado no bairro São Roque.  

Desde 17 de julho, os medicamentos estavam disponíveis no Complexo de Saúde, no bairro Botafogo. Quem tiver orientação de profissional da rede particular para o uso do kit também poderá obtê-lo gratuitamente.  

— Para facilitar o trânsito dos pacientes e ajudar na diminuição da locomoção, a gente entendeu oportuno facilitar a distribuição também para pacientes da rede particular — explica o coordenador médico da Secretaria Municipal da Saúde, Marco Antônio Ebert. 

Leia mais
Mesmo sem eficácia comprovada, Caxias do Sul e Bento Gonçalves disponibilizam hidroxicloroquina para tratamento de covid-19

Segundo ele, já foram distribuídos cerca de 700 kits. São disponibilizados dois tipos: um conta com ivermectina, zinco, vitaminas C e D, e outro tem, além desses medicamentos, a azitromicina. A cloroquina está disponível de forma separada. 

O coordenador médico explica que a ideia é entregar cerca de 3 mil kits, mas os produtos têm chegado de forma fracionada devido à demanda junto aos fornecedores. A compra de novas levas dos remédios, segundo ele, vai ser avaliada a partir do acompanhamento da evolução do quadro dos pacientes que estão fazendo uso dos medicamentos. São cerca de 650 moradores de Bento Gonçalves que têm hoje quadros de saúde com problemas respiratórios com acompanhamento da Secretaria da Saúde.  

Sem comprovação científica da eficácia, os remédios só podem ser retirados com indicação médica. 

Leia também
Depois de um ano paralisado, Lacen retoma análises de vinhos em Caxias do Sul
Quinta-feira será mais um dia de calor atípico para o inverno na Serra
As crises que venci: acompanhe entrevista com João Farina Neto

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros