Bairro Santa Catarina em 1958 - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Memória10/08/2020 | 07h00Atualizada em 10/08/2020 | 07h00

Bairro Santa Catarina em 1958

Você reconhece o trecho da foto?

Bairro Santa Catarina em 1958 Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami/Divulgação
Arrabalde de Santa Catarina: o finalzinho da Rua Matteo Gianella, no trecho da Casa de Pedra, há 62 anos Foto: Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / Divulgação

 As recentes matérias sobre a revitalização do antigo casarão da Cantina Pão & Vinho trazem as lembranças do entorno do local e de alguns de seus símbolos marcantes. Falamos da Casa de Pedra, do Lanifício Gianella, da Igreja de Santa Catarina, do Arroio Tega e da ponte romana, que, por décadas, foi passagem de milhares de moradores do arrabalde.

Leia mais
Cantina Pão & Vinho: passado e futuro em sintonia
Arrabalde de Santa Catarina: o antigo casarão da família Andreazza
Um arrabalde visto das alturas nos anos 1970 

Uma das imagens mais curiosas do lugar foi captada por volta de 1958 e traz um cenário bem diferente daquele conhecido hoje, mas muito lembrado por quem tem mais de 60 anos. Captado a partir de onde hoje situa-se a Caixa Econômica Federal, o trecho da foto ao lado traz o final da antiga Rua Matteo Gianella - nesse caso, a viela lateral da Casa de Pedra (encoberta atrás do casarão de madeira à esquerda). 

À direita, ao fundo, parte do segundo andar do casarão da Cantina Pão & Vinho - nessa época ainda a residência da família Tonet (detalhe abaixo). E, mais atrás, a enorme área verde que, cerca de 15 anos depois, começaria a ser projetada para receber os Pavilhões da Festa da Uva. 

Pergunta que não quer calar: quem seria a solitária senhorinha ao centro? Seus descendentes devem estar pelo bairro até hoje... 

Leia mais
Casa de Pedra: uma restauração em 1975
A inauguração da Casa de Pedra em 1975
A inauguração dos Pavilhões da Festa da Uva em 1975 

Rua Matteo Gianella, no Bairro Santa Catarina. Trecho da Casa de Pedra, onde é possível ver ao fundo (à direita) o andar superior das casas da Cantina Pão e Vinho. Casarão da cantina foi construído em 1914 pelo comerciante José Andreazza abrigou, a partir de 1947, a residência de Angelo Tonet, cujas filhas inauguraram, em 1975, a lendária Cantina Pão & Vinho, fechada em 2011. Em 2020, espaço está sendo revitalizado para abrigar cafeteria e wine bar.<!-- NICAID(14563692) -->
Detalhe: parte do casarão das famílias Andreazza e Tonet, antes da instalação a Cantina Pão & VinhoFoto: Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami / Divulgação

Leia mais
Família Andreazza celebra as origens nos Pavilhões da Festa da Uva
A trajetória do imigrante Ludovico Cavinato
Os 60 anos da Paróquia Santa Catarina

Participe 

Você possui fotos antigas do bairro Santa Catarina, da Rua Matteo Gianella e da antiga ponte romana do Arroio Tega? Envie as imagens, acompanhadas de um breve histórico, para o e-mail rodrigolopes33@gmail.com.

Leia mais
Irmãos Gianella: envoltos por uma história iniciada e 1915
Anos de indefinição deixam Lanifício Gianella em ruínas
Para recordar de dona Itália Gianella Baldisserotto
Morre, aos 91 anos, Elite Gianella Tonolli, filha de Matteo Gianella
O falecimento de Ermelinda Viero Gianella em 1968
Ranchos no Lanifício Gianella em 1941
Lanifício Gianella na Festa da Uva de 1965

Confira outras publicações da coluna Memória
Leia antigos conteúdos do blog Memória 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros