Região de Caxias é uma das seis do Estado com alta taxa de ocupação de UTIs - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Acima dos 80%25/07/2020 | 12h09Atualizada em 25/07/2020 | 12h09

Região de Caxias é uma das seis do Estado com alta taxa de ocupação de UTIs

São 217 pacientes internados, conforme dados do Governo do Estado

Região de Caxias é uma das seis do Estado com alta taxa de ocupação de UTIs Porthus Junior/Agencia RBS
Levantamento do Observatório Regional de Saúde indica que foram 111 leitos colocados em funcionamento desde 20 de março na Serra Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Das 20 regiões em que o Estado foi dividido no sistema de distanciamento controlado, seis têm ocupação dos leitos de UTI adultos acima dos 80% neste sábado (25). Uma delas é a de Caxias do Sul, onde estão 217 pacientes internados. No total, são 261 vagas na região. Portanto, a taxa de ocupação é de 83%. 

Levantamento do Observatório Regional de Saúde indica que foram 111 leitos colocados em funcionamento desde 20 de março na Serra. Isso significa que, caso novas vagas não tivessem sido abertas, o sistema de saúde estaria em colapso. Essa conclusão também faz parte de uma análise da médica infectologista Andrea Dal Bó, que concedeu entrevista nessa semana:  

— Foram várias ações que evitaram, como o isolamento social precoce, que nos proporcionou ganhar tempo para abertura de leitos. E, sim, se não houvesse a ampliação provavelmente teríamos um colapso agora no inverno.

Leia mais
Caxias do Sul ganhou 45 leitos de UTI durante a pandemia   

Para se ter uma ideia, apenas pacientes com coronavírus internados em UTI são 96 nesta manhã de sábado (25). Outros 26 têm suspeita de covid-19 ou outro tipo de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAGs). Se permanecessem os 150 leitos do início da pandemia, isso significaria que apenas 28 seguiriam disponíveis para outras situações, como internações por acidentes de trânsito ou doenças cardiovasculares. O número seria insuficiente para a demanda atual.  

Dos seis municípios da Serra que têm leitos de UTI, apenas Farroupilha e Vacaria não têm ocupação acima dos 80%. A situação mais crítica é em Gramado, onde os 18 leitos comportam pacientes. Como os leitos são regulados pelo Governo do Estado, quando há lotação, outras UTIs são acionadas para receberem a demanda.  

Leia também
Casa da família Rigotto, em Caxias do Sul, tem perda total após incêndio
Nova rodada de pesquisa da UFPel  testa moradores de Caxias para o coronavírus
Telefone dos bombeiros de Caxias do Sul está fora do ar. Saiba para onde ligar

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros