"O retorno do Gauchão em Caxias numa bandeira vermelha é um plano piloto", diz secretário de Segurança Pública - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Futebol na pandemia22/07/2020 | 11h11Atualizada em 22/07/2020 | 11h11

"O retorno do Gauchão em Caxias numa bandeira vermelha é um plano piloto", diz secretário de Segurança Pública

Hernest Larrat dos Santos, o Júnior, afirmou que em caso de problemas com torcedores as partidas na cidade podem ser canceladas

"O retorno do Gauchão em Caxias numa bandeira vermelha é um plano piloto", diz secretário de Segurança Pública Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Além do Gre-Nal nesta quarta-feira, tem Ca-Ju na quinta pela manhã em Caxias do Sul Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Dois clássicos seguidos pelo Gauchão em Caxias do Sul serão um teste para verificar a capacidade do município de receber as partidas sem colocar em risco a segurança sanitária em meio à pandemia. A Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social (SMSPPS) alerta que em casos de problemas com aglomerações de torcedores, os jogos no maior município da Serra podem ser suspensos.

O Estado considera que Caxias do Sul tem alto risco de contágio de coronavírus. Por isso, classificou a cidade como bandeira vermelha no sistema de distanciamento controlado nesta semana, a segunda seguida. Apesar disso, o município decidiu bancar a realização dos clássicos Gre-Nal e Ca-Ju nesta quarta (22) e quinta-feira (23), respectivamente. Para a partida com os times da Capital nesta noite, vai mobilizar 60 agentes de segurança, entre guardas municipais e fiscais de trânsito, além de atuar conjuntamente com a Brigada Militar (BM), que vai disponibilizar 150 policiais para a operação.  

— O retorno do Gauchão em Caxias numa bandeira vermelha é um plano piloto — afirma o secretário Hernest Larrat dos Santos, o Júnior.

Leia mais
Clássico Gre-Nal em Caxias terá 150 policiais na fiscalização de medidas de distanciamento
MP recomenda que prefeitura de Caxias feche bares e restaurantes no entorno de estádios em dias de jogos
Secretário da saúde de Caxias do Sul diz que nenhuma cidade vetou jogos por questões técnicas sanitárias 

Uma das principais preocupações é com torcidas organizadas. O secretário explica que, em caso de distúrbios com os integrantes desses grupos, o Ministério Público (MP) será acionado para atuar pela penalização deles. A prefeitura também recebeu uma recomendação da Promotoria de Justiça para que edite um decreto determinando o fechamento de bares, restaurantes e lojas de conveniência próximas aos estádios nos dias de jogos, independente bandeira em que estiver classificado. Conforme Júnior, esse documento será publicado nas próximas horas e os estabelecimentos que descumprirem as regras estarão sujeitos a multas e poderão responder por crime contra a saúde pública.

Além de atuar no entorno do estádio, a SMSPPS vai fazer a fiscalização de locais com aglomerações junto com fiscais da Secretaria do Urbanismo. A população pode fazer denúncias pelos telefones 156 e 153. As equipes estarão mobilizadas a partir da tarde desta quarta.

Leia também
Menina de Caxias com doença rara que a impede de comer precisa de ajuda para tratamento
Edital de concessão de transporte público em Caxias corre risco de não ser lançado em agosto
Justiça manda prefeitura de Gramado fiscalizar estabelecimentos comerciais