"Essa coordenadora de Caxias é um desastre", diz prefeito de Veranópolis sobre representante do Estado na área da saúde na Serra - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Declaração15/07/2020 | 13h25Atualizada em 15/07/2020 | 14h03

"Essa coordenadora de Caxias é um desastre", diz prefeito de Veranópolis sobre representante do Estado na área da saúde na Serra

Gestor disse que Tatiane Misturini Fiorio não articulou combate à pandemia com municípios. Ela rebate as acusações

"Essa coordenadora de Caxias é um desastre", diz prefeito de Veranópolis sobre representante do Estado na área da saúde na Serra Leticia Fracasso/Divulgação
Na avaliação do prefeito, que também é cardiologista, falta articulação com os municípios Foto: Leticia Fracasso / Divulgação

Além de contestar a primeira morte por coronavírus no município, o prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli (MDB), está insatisfeito com a atuação da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Caxias do Sul e que abrange 49 municípios, no combate à pandemia.

Nesta quarta-feira (15), ele criticou a titular do órgão estadual na região, Tatiane Misturini Fiorio. Na avaliação do prefeito, que também é cardiologista, falta articulação com os municípios. Para De Carli, não houve a construção de um planejamento com as prefeituras para definir quantos leitos seriam necessários no inverno, um período de alta taxa de ocupação das UTIs. Ele diz que abertura de novas vagas é um esforço de cada prefeito, mas significa "trocar o pneu com o carro andando":

— Essa coordenadora de Caxias é um desastre. Essa coordenadora da saúde de Caxias é uma incompetente, muito incompetente. Ela é ineficaz. Ela não atuou desde o início da pandemia junto com os prefeitos. Eu nem conheço ela. Nunca chamou o prefeito para se conversar. Conheci ela numa "live" há 15 dias. Numa pandemia de três, quatro meses, nós nunca fomos ouvidos, nunca fomos chamados pela coordenadora. Nunca se fez um planejamento da região de leitos de UTI. Todas as iniciativas que partiram, partiram exclusivamente dos prefeitos.

Leia também
Prefeitura de Veranópolis irá contestar junto ao Estado classificação de morte por covid-19
Secretaria Estadual da Saúde contabiliza primeira morte por covid-19 em Veranópolis 

Já a coordenadora regional de Saúde, Tatiane Misturini Fiorio, disse estranhar a posição do prefeito e se defendeu, afirmando que trabalha em conjunto com as secretarias municipais da Saúde. Disse ainda que ela e De Carli já participaram de diversas reuniões juntos:

— Faz desde fevereiro que a gente já está em articulação com os municípios de toda a macrossera. A primeira reunião que fizemos foi no dia 13 de fevereiro, onde nós convocamos os secretários municipais, diretores de Atenção Básica, diretores de Vigilância Sanitária e Epidemiológica dos municípios, onde foi apresentado o plano de contingência do Estado, onde nós formamos o COE (Centro de Operações em Emergência) regional, onde foi feita toda a articulação com os municípios. Faz desde o início do ano que estamos trabalhando, a Coordenadoria e junto com a Secretaria Estadual da Saúde, interligado com os municípios nesse enfrentamento. Então, me estranha um pouco essa fala dele. De repente, ele não tenha acompanhado desde o início. Não sei em função de que essa fala, mas a gente se coloca sempre à disposição dos municípios.

Leia também
Após oito meses, cratera no antigo traçado da RS-122 segue aberta em Bom Princípio
Ponte de acesso a Cotiporã é liberada após ficar submersa duas vezes em uma semana
Prefeitura de Caxias do Sul confirma 32ª morte por covid-19 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros