Cerca de 800 pontos em ruas de Caxias necessitaram de reparos após sequência de dias de chuva - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Vias urbanas15/07/2020 | 13h53Atualizada em 15/07/2020 | 13h53

Cerca de 800 pontos em ruas de Caxias necessitaram de reparos após sequência de dias de chuva

Nesta quarta, seis equipes da Codeca trabalham no conserto de buracos

Cerca de 800 pontos em ruas de Caxias necessitaram de reparos após sequência de dias de chuva André Fiedler/Agência RBS
Oito equipes atuaram somente em operações tapa-buraco na semana passada Foto: André Fiedler / Agência RBS

Pelo menos 800 pontos de ruas e avenidas de Caxias do Sul precisaram de reparos devido à chuva que atingiu a Serra nas últimas semanas. Foram principalmente buracos que surgiram em pontos com o asfalto já deteriorado, situação conhecida de motoristas que circulam por rodovias da região.

Leia mais
Obra de recapeamento deixa Perimetral Norte em meia pista, em Caxias

De acordo com o Secretário de Obras, Gilberto Meletti, oito equipes da Codeca se dedicaram apenas a operações tapa-buraco em vias urbanas na semana passada. Outras quatro realizaram remendos, conserto com maior durabilidade que consiste no recorte do asfalto danificado em determinado ponto e aplicação de nova camada. Nesta quarta-feira (15), três equipes dão continuidade ao fechamento de buracos e outras três realizam remendos.

Entre os pontos que mais necessitaram de reparos, conforme Meletti, está o anel perimetral, pontos da Avenida São Leopoldo, entre a Perimetral Sul e a BR-116, a Avenida Dr. Assis Antônio Mariani, no bairro São Caetano, e vias dos bairros Ana Rech e Desvio Rizzo.

— A cidade como um todo sofreu — observa Meletti.

Os reparos são realizado por meio de um contrato de manutenção e pavimentação asfáltica que o município mantém com a Codeca. A parceria atual, com duração de um ano, foi assinada em abril e prevê a destinação de R$ 7 milhões para reparos em vias. As ruas e avenidas de paralelepípedos, além das calçadas são contempladas em outro contrato assinado recentemente com uma empresa privada.

A chuva também impediu o avanço das obras de recapeamento de trechos da Perimetral Norte, entre as ruas Moreira César e Ludovico Cavinato, que começou no fim de junho. A pista sentido Pavilhões da Festa da Uva chegou a ser concluída, mas nesta quarta-feira (15) as equipes se concentravam no sentido contrário. 

A expectativa é realizar reparos mais duradouros em outros pontos das perimetrais Norte, Sul e Oeste, mas o ritmo das obras diminuiu por conta da grande quantidade de chuva, o que impede a aplicação do asfalto. O frio também prejudica o trabalho, já que o pavimento precisa de temperaturas mais altas para aderir de forma adequada ao solo.

Leia também
Robô desenvolvido por empresa de Caxias alimenta suínos e toca música clássica
Mulher que usava dados de policial militar para aplicar golpes é presa em Caxias
FOTOS: confira imagens do frio em cidades da Serra 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros