Bento Gonçalves suspende atividades coletivas em quadras esportivas - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Prevenção à covid-1909/07/2020 | 13h40Atualizada em 09/07/2020 | 13h40

Bento Gonçalves suspende atividades coletivas em quadras esportivas

Medida foi adotada pela prefeitura após Ministério Público determinar o fechamento a restrição nos estabelecimentos

Bento Gonçalves suspende atividades coletivas em quadras esportivas Secretaria do Desenvolvimento Social de Bento Gonçalves / Divulgação/Divulgação
Foto: Secretaria do Desenvolvimento Social de Bento Gonçalves / Divulgação / Divulgação

A partir desta quinta-feira (9), entra em vigor a suspensão das atividades coletivas em quadras esportivas, ginásios e clubes de Bento Gonçalves. O decreto foi publicado pela prefeitura nesta quarta-feira (8), seguindo pedido do Ministério Público, como forma de prevenção ao coronavírus. Apenas está permitido o atendimento individual nesses estabelecimentos com, no mínimo, 16 metros quadrados por pessoa. Segundo a prefeitura, esta é uma orientação que consta no protocolo de Distanciamento Controlado do Estado.

Leia mais
Proprietários de quadras esportivas estudam encerrar atividades após mais de 100 dias parados em Caxias do Sul
"O prejuízo é enorme", diz proprietário de quadra esportiva em Bento Gonçalves

 Depois de três meses fechadas, as quadras esportivas haviam sido reabertas no município em 24 de junho. A prefeitura, depois de um acordo envolvendo as Secretarias de Saúde e do Desenvolvimento Social, além do comitê de enfrentamento ao coronavírus de Bento, definiram que esses locais poderiam funcionar com flexibilizações. 

 – Os proprietários entenderam que poderiam abrir os estabelecimentos com restrição nas atividades, mas não foi assim que o Ministério Público entendeu. Por isso, foi determinado que seguíssemos a orientação estadual – explica o prefeito Guilherme Pasin (PP).

De acordo com o secretário do Desenvolvimento Social, o entendimento foi que, seguindo os protocolos determinados, não haveria grande risco de contaminação massiva.

Jeferson de Moraes Ribeiro, um dos proprietários do setor no município, diz não entender o porquê é necessário restringir o acesso se todas as recomendações de prevenção estavam sendo seguidas e, segundo ele, até então, ninguém havia contaminado-se.

– Eu acho que é mais prejudicial ficar em casa que daí tu vai tendo outras doenças, do que tu ficar praticando um esporte – comenta.

Ribeiro conta que se continuar assim por um longo período, seu empreendimento corre risco:

– Se esse mês eu ficar com a quadra fechada, não tem como eu seguir mais. Eu já fiz e desfiz três vezes o meu quadro de clientes e eles estão também cheios desse vai e volta. E assim eu deixo de ganhar e de pagar conta. 

Ribeiro disse ainda que não traçou ações a respeito do decreto com outros proprietários da cidade, mas ele afirma que irão tentar reverter a situação.

Arthur Lunelli Mella, outro dono de quadra também demonstra indignação com a medida.

– Mais uma vez essa é uma atitude autoritária que impõe o fechamento das quadras, tirando o sustento de várias famílias da cidade. Estávamos desde a última semana de junho atendendo com o aluguel de horários, mas com várias restrições. E agora vem esse fechamento de novo. Ao invés de evoluir a situação, eles fazem a gente regredir – reclama. 

Em Caxias do Sul

Nesta quinta, Caxias do Sul completa 113 dias com as quadras esportivas fechadas. Os proprietários atingidos chegaram a fazer carreata e protesto na prefeitura no dia 12 de junho, mas a ação não teve resultado. Asim como em Bento Gonçalves, Caxias não tem previsão para a normalização das atividades.

Conforme o assessor de governo da Secretaria de Esportes e Lazer (Smel), Marcos Wilson, no município podem ser realizados treinos individuais, seguindo regras de distanciamento previstas no Manual de Boas Práticas, lançado recentemente pela Smel. A medida, no entanto, contempla grupos como o de escolinhas de futebol. 

Caxias do Sul conta com 44 quadras esportivas. Além disso, segundo dados da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel), são 17 campos de futebol, 20 de futebol sete, 12 quadras de areia e cinco ginásios voltados ao esporte.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros