Avenida Júlio e os primórdios do Café América em 1915 - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Memória13/07/2020 | 07h00Atualizada em 13/07/2020 | 19h04

Avenida Júlio e os primórdios do Café América em 1915

Estabelecimento foi um dos mais marcantes do centro de Caxias desde o início do século 20

Avenida Júlio e os primórdios do Café América em 1915 Domingos Mancuso,acervo de Renan Carlos Mancuso/Divulgação
Caxias, 1915: o antigo casarão de madeira do Café América, na Avenida Júlio ao lado do Banco Pelotense (atual Banrisul, à direita) Foto: Domingos Mancuso,acervo de Renan Carlos Mancuso / Divulgação

Ponto de encontro dos caxienses até meados da década de 1960, o Café América é um dos endereços mais marcantes do centro de Caxias do Sul desde o início do século 20. Embora a lembrança mais recorrente seja a do ponto da Avenida Júlio em frente a então Praça Rui Barbosa, o espaço com essa denominação surgiu a alguns metros dali: no térreo do casarão de madeira de número 1.660 da Júlio, ao lado do antigo Banco Pelotense (atual Banrisul), em direção à Rua Borges de Medeiros.

Leia mais
De volta ao prédio do Banrisul em 1947
Memória: uma esquina, um cinema, dois bancos
Caxias das antigas agências bancárias
Caxias antiga vista do alto
Jardins da Praça Dante Alighieri nos anos 1950 

Pertencente ao ex-prefeito Miguel Muratore (gestão 1930-1935), o imóvel abrigou o estabelecimento a partir de meados dos anos 1910 . Jornal “O Brazil” de 16 de fevereiro de 1918 destacou:

“No prédio contíguo ao Banco Pelotense será aberto dentro de poucos dias o Café América, de propriedade do tenente-coronel Miguel Muratore. O novo estabelecimento está sendo montado com todo conforto e luxo e será, no gênero, uma casa de primeira ordem. Dispõe de excelentes instalações higiênicas modernas e terá um serviço completo de buffet e bar. O prédio do Café América passou por várias reformas e acha-se perfeitamente adaptado ao fim a que se destina”.

Esquina da Avenida Júlio de Castilhos com a Rua Marquês do Herval por volta de 1915. Era onde se situava o antigo Banco Pelotense (atual Banrisul) e, ao lado dele, pela Júlio, o casarão de madeira onde funcionava o Café América. Imóvel pertencia ao ex-intendente de Caxias Miguel Muratore.<!-- NICAID(14543383) -->
Júlio com Marquês do Herval em 1915: o antigo Banco Pelotense e o casarão de madeira do Café América (à esquerda)Foto: Domingos Mancuso,acervo de Renan Carlos Mancuso / Divulgação

Nota no jornal “Città di Caxias” de 23 de março de 1918 também anunciou a novidade: 

“Possui dois excelentes bilhares, privadas patentes e boas salas arejadas, tendo os apreciadores do pôquer onde passarem horas de distração. A concorrência tem sido numerosa e satisfeita com o ameno trato dispensado pelo seu gerente, o nosso amigo Chiquito.”

Na imagem acima, um registro de Domingos Mancuso para o Café América e parte do antigo Banco Pelotense (atual Banrisul), por volta de 1915.

Leia mais
O terceiro andar do Clube Juvenil em 1965

Os donos 

Conforme jornais da época, o estabelecimento teve como proprietários iniciais os senhores Victorio Rossi e Gabriel Agostinelli – em 1927, este último vendeu o ponto a Alfredo Nabinger e Francisco Freitas. Encerra-se aí a fase no primeiro endereço. Anos depois, em 1933, um novo Café América surge na Avenida Júlio, 1.773, em frente à Praça Dante, sob a administração da firma Calixto Bento Alves & Filhos, a partir da venda do ponto pelo senhor Manoel Luiz Gazzana. 

Conforme nota no jornal “O Momento” de 14 de setembro de 1936, o Café América inaugurou suas novas instalações, “tendo se tornado agora a mais completa casa de café desta cidade. Os proprietários festejaram o acontecimento oferecendo a seus fregueses chopes, vinhos e sanduíches”. Na década de 1940, o espaço ficou a cargo de Ernani Bento Alves. Posteriormente, a partir de 1951, o Café América teve como administrador o senhor Ernesto Bordignon, de Passo Fundo.

Leia também
Martha Rocha no casarão da família Pettinelli em 1955
Santa Lúcia do Piaí: a trajetória da professora Angelina Corrent Andreis
Os 60 anos do curso de História da UCS

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros