"Uma festa grande não teria sido tão emocionante", diz mãe de Francesca, menina que teve um aniversário especial em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Sonho realizado08/06/2020 | 20h14Atualizada em 08/06/2020 | 20h35

"Uma festa grande não teria sido tão emocionante", diz mãe de Francesca, menina que teve um aniversário especial em Caxias do Sul

Após carta enviada pela mãe, menina fascinada pelos bombeiros teve a festa dos sonhos em sua casa, no bairro Fátima

"Uma festa grande não teria sido tão emocionante", diz mãe de Francesca, menina que teve um aniversário especial em Caxias do Sul Setor de Comunicação/5º BBM
Após carta enviada pela mãe, menina fascinada pelos bombeiros teve a festa dos sonhos em sua casa, no bairro Fátima Foto: Setor de Comunicação / 5º BBM

As dificuldades impostas pela pandemia, sobretudo às famílias mais vulneráveis, não impediram que a pequena caxiense Francesca de Oliveira, que completará três anos no próximo dia 22 de junho, ganhasse uma festa de aniversário do jeitinho que sonhou. A celebração, realizada no domingo (7) e antecipada em virtude do nascimento da irmã, Madalena, previsto para o final do mês, teve como tema um ofício pelo qual ela é fascinada: o de bombeiro.

A data, que já é considerada especial, tendo em vista os percalços enfrentados pela família do bairro Fátima até o nascimento de Francesca, contou com a presença de parte da guarnição do 5º Batalhão de Bombeiros Militar (5º BBM) de Caxias do Sul, tornando a festa um momento inesquecível.

— Por conta da pandemia achamos melhor ficar em casa, em família. Decidi, então, relatar aos bombeiros a nossa história e eles acabaram participando da festa. Ela ficou encantada. Tenho certeza que se fizéssemos uma festa grande não teria sido tão emocionante — relata a mãe de Francesca, Camila de Oliveira, 37 anos, que está na fase final de uma gestação de risco e, por isso, resolveu antecipar a comemoração de Francesca.

Camila não sabe dizer de onde surgiu a afeição da filha pelos bombeiros. Ela conta que, no início da atual gravidez, ela e o marido, Fabiano Barbosa de Oliveira, 41, decidiram procurar uma cama nova para destinar o berço à bebê Madalena, que está a caminho. Para a troca, ofereceram à Francesca uma "cama de princesa" e se surpreenderam com a resposta:

— Ela disse que não queria uma cama de princesa, mas sim de bombeiro. Não sei como isso começou, mas ela é fascinada. Adora ver vídeos infantis sobre bombeiros e em alguns períodos só queria usar blusa vermelha por causa deles — relata a mãe, que chegou a levar Francesca para uma visita à sede do 5º BBM, em dezembro do ano passado.

No fim das contas, a irmãzinha Madalena ganhou um berço novo e a cama de Francesca foi adaptada, com uma decoração feita pela mãe, usando alguns adesivos alusivos ao tema que a filha tanto ama.

O resultado agradou. Prova disso foi que, no domingo, a aniversariante fez questão de mostrar a cama aos ilustres convidados da festa. Isso tudo após nada menos que uma chegada especial dos bombeiros, de caminhão, com a sirene ligada e até um passeio com Francesca pelo quarteirão. Uma boneca também foi o presente que ela recebeu de seus ídolos.

Após carta enviada pela mãe, caxiense Francesca de Oliveira, que completará três anos no próximo dia 22, ganhou a festa que sempre sonhou em casa, no bairro Fátima.A celebração realizada no domingo (7), antecipada em virtude da chegada de sua irmã, Madalena, teve o tema bombeiros. E contou com a presença de parte da guarnição do 5º Batalhão de Bombeiros Militar (5º BBM) de Caxias do Sul.<!-- NICAID(14517963) -->
Passeio pelo quarteirão foi um dos momentos altos da comemoração de FrancescaFoto: Setor de Comunicação / 5º BBM

— Para evitar aglomeração, entramos apenas em dois. Percebemos como até a vizinhança ficou comovida. Nosso objetivo é fazer com que a sociedade tenha um olhar positivo a respeito do nosso trabalho, sobretudo neste momento em que estão apreensivas pela situação difícil que todos enfrentamos. Foi muito gratificante — afirma Irineu Aquino da Silva, um dos soldados que participou da festinha.

Na tarde de domingo, a guarnição estava sob o comando do sargento André Oliveira. Ele diz ser comum as crianças sentirem um fascínio pelo universo dos bombeiros, com muitos acenos pela rua e até mesmo famílias que os procuram na corporação. Ainda assim, ele conta que ficou surpreso com a história de Francesca que, aos três anos de idade ainda incompletos, diz sonhar em se tornar bombeiro, conforme a mãe relatou na carta.

— Foi uma história muito interessante, resolvemos retribuir este reconhecimento. Para a gente é muito importante cultivar esse sonho que as crianças têm. São pessoas que acreditam na humanidade desde pequenas — comenta o sargento.

"Ver ela feliz é tudo para mim"

Na carta enviada aos bombeiros, Camila, mãe de Francesca, relatou não apenas a admiração da filha pelos profissionais, mas também falou das dificuldades superadas pela família até o nascimento da menina. Atualmente afastada do trabalho, ela passa pela quarta gravidez de risco, sendo que nas duas primeiras sofreu abortos devido a complicações que, segundo ela, pareciam afastá-la do sonho que sempre teve de ser mãe.

Em 2010, uma pré-eclâmpsia, com o agravante de obesidade mórbida — Camila pesava 135 quilos —, a fizeram perder o primeiro filho. Com o objetivo de ser mãe em mente, ela fez uma cirurgia de redução de estômago e engravidou novamente, em 2013. Durante a gravidez ela contraiu toxoplasmose e, novamente, perdeu a criança. 

Três anos depois, ela engravidou de Francesca. A gestação foi de alto risco e teve um final de apreensão, uma vez que ela precisou ser internada devido à alteração na pressão arterial. Apesar das complicações, Francesca sempre foi saudável e agora aguarda a chegada de sua irmãzinha, enquanto sonha em tornar-se "bombeira de água", como ela mesma disse em visita à corporação, no final do ano passado.

Após carta enviada pela mãe, caxiense Francesca de Oliveira, que completará três anos no próximo dia 22, ganhou a festa que sempre sonhou em casa, no bairro Fátima.A celebração realizada no domingo (7), antecipada em virtude da chegada de sua irmã, Madalena, teve o tema bombeiros. E contou com a presença de parte da guarnição do 5º Batalhão de Bombeiros Militar (5º BBM) de Caxias do Sul.<!-- NICAID(14517967) -->
Presença dos bombeiros marcou a celebração temática de Francesca, menina caxiense fascinada pelos bombeirosFoto: Setor de Comunicação / 5º BBM

— Mesmo com tantas dificuldades, a gente nunca desistiu. Dói muito quando ela pede as coisas e não temos para dar, mas a gente resolve com criatividade. Eu sofri tanto para ter ela que ver ela feliz é tudo para mim. Se ela realmente decidir ser bombeiro, será um orgulho para a gente, pois é uma profissão magnífica — afirma Camila.

AJUDA À FAMÍLIA

Atualmente, Camila está afastada do emprego de fiscal de caixa por conta da gravidez de risco e seu marido, que trabalhava na área de transportes, foi demitido por conta da crise econômica gerada pela pandemia. Ambos contam com a ajuda de familiares e amigos. Quem tiver interesse em colaborar com a família pode entrar em contato pelo (54) 99189.7743.

Leia também
Bicicletas vêm se tornando uma tendência mundial durante a pandemia. Saiba qual a realidade em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros