Testes em asilos de Caxias identificam um idoso e três funcionários com coronavírus - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Grupo de risco05/06/2020 | 13h38Atualizada em 05/06/2020 | 13h38

Testes em asilos de Caxias identificam um idoso e três funcionários com coronavírus

Ao todo foram aplicados 1.179 testes rápidos nas 30 instituições do município

Testes em asilos de Caxias identificam um idoso e três funcionários com coronavírus Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A aplicação de testes rápidos de covid-19 em asilos de Caxias do Sul identificou três funcionários e um idoso com a doença. Os números são o resultado de 1.179 verificações nas 30 instituições da cidade desde o dia 13 de maio.

Leia mais
Testes de coronavírus em asilos de Caxias começam a ser realizados nesta quarta
Decisão sobre interdição da JBS em Caxias do Sul será na sexta-feira

Segundo o secretário da Saúde, Jorge Olavo Hahn Castro, os profissionais cumprem a quarentena em casa. Já o idoso diagnosticado com a doença, que não teve a idade divulgada, está em isolamento no próprio asilo e recebe tratamento diferenciado das equipes de apoio.

— Você isola e os funcionários que vão lidar com ele precisam usar equipamentos de proteção individual (EPIs) próprios para esses casos. Funciona como se fosse uma enfermaria de covid — explica o secretário.

A secretaria pretende manter o monitoramento das instituições e dos profissionais, por isso já planeja uma segunda fase de verificação para os próximos 45 dias. No entanto, caso sejam identificados casos de síndrome gripal em idosos ou funcionários das instituições, a testagem pode ser antecipada.

— Nós usamos o CPF para rastrear os profissionais de saúde e identificar se eles trabalham em hospitais além das casas asilares. Caso algum for diagnosticado com o vírus no hospital, por exemplo, naturalmente vamos testar todo o asilo. Não existe um protocolo de quanto em quanto tempo deveríamos testar. Esse é um prazo que estabelecemos, mas se identificarmos algum profissional ou idoso com síndrome respiratória vamos fazer mais cedo — observa.

A secretaria também planeja iniciar a aplicação de testes em unidades básicas de saúde (UBSs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para pacientes com sintomas de síndrome gripal, procedimento recomendado pelo Ministério da Saúde. Além disso, grávidas e puérperas também passarão por exames PCR (laboratoriais) para verificar a presença de coronavírus.

— As gestantes são grupo de risco e também não temos nenhum recém-nascido contaminado. Nós temos um município vizinho (Bento Gonçalves) que registrou uma morte de recém-nascido, então queremos evitar — afirma Castro.

Os exames nos asilos passaram a ser realizados a partir de uma solicitação do governo do Estado, após instituições de várias cidades apresentarem surtos da doença. Em Caxias do Sul não foi registrado nenhum contágio descontrolado em casas do tipo. O único surto da cidade é o do frigorífico JBS do bairro Ana Rech, que tem, até agora, 23 casos confirmados da doença entre os funcionários.

O último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta quinta-feira (4) aponta 238 infectados pelo coronavírus na cidade. Até o momento, 138 pacientes são considerados recuperados. Essa atualização traz 18 exames positivos, sendo sete homens, de 30 a 69 anos, e 11 mulheres, de 26 a 70.

Leia também
Câmara aprova transferência de R$ 1,5 milhão da prefeitura para o Hospital Geral, em Caxias
Incêndio destrói residência no bairro Monte Verde, em Farroupilha
Homem morre em acidente na RS-843, em Feliz 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros