Sexto paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Transfusão19/06/2020 | 12h32Atualizada em 19/06/2020 | 14h21

Sexto paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul

Homem de 59 anos, natural de Esmeralda, respira com a ajuda de aparelhos

Sexto paciente com coronavírus recebe plasma convalescente em Caxias do Sul Andréia Copini/Secretaria Municipal da Saúde
Foto: Andréia Copini / Secretaria Municipal da Saúde

O número de infectados pela covid-19 que consegue receber um tratamento experimental aumenta em Caxias do Sul graças a possibilidade de doação de plasma no Hemocentro Regional da cidade e ao método de transfusão realizado pelo Hospital Virvi Ramos. Seis pessoas já foram beneficiadas pela técnica de transfusão de plasma convalescente até a manhã desta sexta-feira (17). Segundo a instituição hospitalar, o receptor mais recente é um homem de 59 anos, natural de Esmeralda e morador de Caxias do Sul. A transfusão durou cerca de 30 minutos, encerrando às 23h45min de quarta-feira.

 Leia mais
Quinto paciente com coronavírus recebe transfusão de plasma convalescente em Caxias do Sul Primeiro paciente a receber plasma convalescente no Rio Grande do Sul deixa a UTI "Antes de entrar em coma, ele estava muito arrependido", diz filho de paciente que está na UTI com covid-19 

O paciente recebeu duas bolsas de plasma que somam quase 400 ml do componente sanguíneo. Ele segue sendo monitorado na UTI mas, diferente da maioria dos casos, não precisa da ajuda de aparelhos para respirar. Conforme o hospital, o homem apresenta histórico de hipertensão e diabetes. O resultado positivo para covid-19 ocorreu também na quarta-feira. Mesmo antes da resposta, a família já havia autorizado a transfusão de plasma convalescente.

O doador é um homem de 38 anos, de Garibaldi. Assim como ele, muitos que já passaram pelas complicações causadas pelo coronavírus estão doando seu plasma no Hemocs. Com isso, doentes em estado grave podem receber os anticorpos da pessoa já curada. O tratamento é experimental e pioneiro no Rio Grande do Sul. Além do homem natural de Esmeralda, o Hospital Virvi monitora outros quatro que já receberam a transfusão. 

Uma idosa de 83 anos, que tinha outras comorbidades e havia realizado a transfusão de plasma, morreu nesta sexta-feira.

Confira a situação de cada um deles:
Primeiro a receber plasma convalescente (em 26 de maio)
- Homem de 63 anos, de Garibaldi. Está no quarto após deixar a UTI na segunda-feira depois de 20 dias do processo.

Segunda receptora (em 11 de junho) – Mulher de 33 anos de Caxias do Sul. Segue na UTI. Apresenta melhora pulmonar e a sedação começou a ser reduzida na última terça-feira. Realizou o primeiro teste da covid-19, que foi negativo. Aguardo o resultado do segundo exame.

Terceiro receptor (em 13 de junho) – Homem de 64 anos, morador de Caxias do Sul. Segue na UTI em estado grave e com ajuda do respirador.

Quarto receptor (em 15 de junho) – Homem de 40 anos, de Caxias do Sul. Não utiliza respirador. Apresenta melhora pulmonar e cardiovascular. É possível que deixe a UTI nos próximos dias.

Quinta receptora (em 15 de junho)Mulher de 83 anos, de Caxias do Sul. Morreu nesta sexta-feira (19). É o nono óbito do município.

Sexto receptor (em 17 de junho) – Homem de 59 anos, natural de Esmeralda, respira com ajuda de aparelhos desde o início da noite desta quinta-feira (18).

Para doar
Interessado em participar podem agendar atendimento pelos telefones (54) 3290-4543 e (54) 3290-4580 ou pelo Whatsapp (54) 98418-8487 no Hemocs.  São recebidos homens, de no mínimo 18 e no máximo 60 anos, que tiveram a doença confirmada por meio do teste PCR e estão há mais de 28 dias recuperados.

Leia também
Manifestação na frente da prefeitura pede reabertura do comércio em Caxias do Sul
Feira do Vinho é adiada e deve ocorrer somente se Caxias do Sul for classificada com bandeira laranja

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros